Funcionários da Casa Branca se preocupam após Trump trocar chefe de gabinete

Geral

Funcionários da Casa Branca se preocupam após Trump trocar chefe de gabinete

Redação Folha Vitória

Washington - Duas horas depois do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, tuitar na sexta-feira que estava substituindo Reince Priebus por John Kelly como chefe de gabinete, os colegas de Priebus começaram a se perguntar, no Salão Roosevelt, da Casa Branca, quem seria o próximo a ser demitido pelo presidente.

A saída de Priebus do governo veio uma semana depois da de Sean Spicer, que estava com o grupo de colegas do agora ex-chefe de gabinete. Spicer renunciou ao cargo de porta-voz após Trump contratar Anthony Scaramucci para diretor de comunicações. O mais recente movimento deixou funcionários da Casa Branca à espera de outras mudanças neste fim de semana, após uma das semanas mais turbulentas para qualquer outro governo americano na história recente.

Diversos funcionários da Casa Branca esperam ainda mais movimento após a nomeação de John Kelly, que comandava o Departamento de Segurança Interna. Scaramucci já havia passado a última semana fazendo ameaças a funcionários do governo devido a recentes vazamentos de informações para a imprensa.

A saída de Priebus, ex-presidente do Comitê Nacional Republicano, desperta algumas preocupações no Partido Republicano sobre a relação do governo Trump com o partido. Scaramucci, tentando aliviar as preocupações em relação a esse sentido, usou seu perfil no Twitter para dizer que havia conversado recentemente com a atual presidente do Comitê Nacional Republicano, Ronna Romney McDaniel, para garantir que haveria a "construção de uma relação ainda mais forte" entre as duas partes. Fonte: Dow Jones Newswires.