• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Ondas de 3 metros deixam mar agitado até a próxima quarta-feira no ES

Geral

Ondas de 3 metros deixam mar agitado até a próxima quarta-feira no ES

As ondas mais altas deverão ser observadas a partir das 21 horas. Pescadores devem ficar atentos para evitar acidentes. O alerta da Marinha do Brasil também é válido para a costa Nordeste do país

Ventos fortes deixam mar agitado até quarta-feira Foto: Divulgação

O mar deve continuar agitado no Espírito Santo até a próxima quarta-feira (05), com ondas de 2,5m a 3,0m. O alerta foi emitido na última segunda-feira (03) pela Marinha do Brasil. O alerta também é válido para o Sergipe, Alagoas, Pernambuco e Paraíba. As ondas chegam com ondulação de sul a sudeste. Mas é preciso lembrar que na situação em alto-mar, as ondas são ainda maiores.

Segundo a Marinha, há um grande e forte anticiclone de origem polar centrado ao largo do litoral da Região Sul que gera ventos moderados a fortes e persistentes sobre o oceano. Estes ventos estão sendo sentidos em toda a costa da Região Sudeste e nesta segunda-feira chegaram fortes ao litoral leste do Nordeste, em rajadas que superam os 50 km/h no litoral. O Instituto Nacional de Meteorologia registrou uma rajada com 56 km/h em Salvador. O aeroporto da capital baiana registrou várias rajadas entre 48 km/h e 55 km/h nesta segunda-feira.

O vento forte e frio chegou a Aracaju e rajadas de 59 km/h foram observadas no aeroporto local no fim da noite desta segunda-feira. Estes ventos vão continuar fortes e persistentes por toda a semana por causa da grande extensão e lento deslocamento do anticiclone de origem polar (massa de ar polar).

No decorrer do dia 6 de julho, as ondas vão diminuindo na costa leste do Nordeste do Espírito Santo. Porém, a população costeira, pescadores e navegantes em geral devem ficar muito atentos aos sinais do mar e avisos da Marinha a partir do dia 8 de julho. Simulações feitas por supercomputadores indicam que outra forte agitação marítima poderá passar pelo leste do Nordeste entre os das 9 e 14 de julho.