ONU registra aumento do cultivo de coca na Bolívia em 2016

Geral

ONU registra aumento do cultivo de coca na Bolívia em 2016

Redação Folha Vitória

La Paz - Os cultivos de coca aumentaram na Bolívia em 14% em 2016 ante 2015, após cinco anos de redução contínua, informou o Escritório das Nações Unidas contra a Droga e o Delito (UNODC, na sigla em inglês) na quarta-feira. "Este incremento é um fator de preocupação para nós", disse Antonio De Leo, representante no país da agência da Organização das Nações Unidas.

De Leo divulgou os resultados do relatório anual de monitoramento de cultivos de coca na ausência do presidente Evo Morales, que está em viagem à Nicarágua. O presidente costuma acompanhar a leitura desse informe.

Segundo o documento, os cultivos de coca passaram de 20.200 hectares no ano anterior para 23.100 em 2016, o que segundo o especialista da ONU gerou uma mudança na tendência dos cinco anos anteriores, quando a Bolívia erradicou cerca de 10 mil hectares.

O relatório é divulgado quatro meses após o governo de Morales promulgar uma polêmica lei que favorece os produtores de coca ao elevar a 22 mil os hectares legais para consumo tradicional e curativo. O ministro da Casa Civil, Carlos Romero, admitiu que as operações de erradicação caíram 40% no ano passado, graças às distâncias para buscar essas plantações e ao mau tempo, entre outros fatores.

A Bolívia é o terceiro maior produtor de coca do mundo, após Colômbia e Peru. Fonte: Associated Press.