Shinzo Abe nega que tenha usado influência para favorecer amigo pessoal

Geral

Shinzo Abe nega que tenha usado influência para favorecer amigo pessoal

Redação Folha Vitória

Tóquio - O primeiro-ministro do Japão, Shinzo Abe, negou que tenha usado sua influência para ajudar um amigo, em um crescente escândalo de favoritismo no país.

Nesta segunda-feira, Abe foi questionado no Parlamento sobre as alegações de que ele teria interferido para ajudar Kotaro Kake, seu amigo pessoal, a obter aprovação a fim de abrir uma nova escola de veterinária no oeste do Japão.

Abe disse que só procurou reformas para o setor e não se envolveu diretamente na decisão sobre a aplicação de seu amigo. Ele afirmou, ainda, que só soube dos planos de seu amigo depois que a aplicação foi arquivada neste ano.

É esperado que o primeiro-ministro reorganize seu gabinete logo depois de ver sua aprovação cair, após diversos escândalos, e após a implementação de uma legislação impopular pelo seu partido, o Liberal Democrata. Fonte: Associated Press.