• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Corpos de mãe e filha permanecem no DML de Vitória

Geral

Corpos de mãe e filha permanecem no DML de Vitória

O corpo de Ediane Barbosa, de 47 anos, pode precisar passar por exame de DNA

Os corpos de mãe e filha que morreram em um grave acidente na manhã da última quinta-feira (26), na BR 101, em Ibiraçu, continuam no Departamento Médico Legal (DML) de Vitória. Após a batida, um dos veículos envolvidos pegou fogo. 

O corpo de Maria Luiza Barbosa Evangelista, de 12 anos, foi liberado mas não foi levado pela família. Segundo os familiares, eles pretendem levar os dois corpos juntos. O corpo da mãe de Maria, Ediane Barbosa, de 47 anos, deve levar mais tempo para ser liberado já que pode ter que passar pelo exame de DNA. 

Além de mãe e filha, três pessoas estavam no carro. Dois filhos de Ediane. Elder Evangelista Barbosa de Sales que era quem dirigia o carro, está hospitalizado e o quadro dele é estável. Danielle Barbosa, que é noiva se Elder continua internada em um hospital da Serra, e o estado de saúde dela é grave. O outro filho de Ediane, Dener Evangelista Barbosa de Sales, também está sob cuidados médicos, mas sem risco de morte.

O carro com a família se envolveu em um acidente na manhã de quinta-feira na BR 101, no município de Ibiraçu. Depois de bater em uma caminhonete, o veículo pegou fogo. Maria Luiza morreu à caminho do hospital e Ediane ficou presa às ferragens e morreu carbonizada. No outro carro estava Carlos Alberto Ramos e Ivan Neiva Neves Júnior. Os dois sofreram ferimentos leves e também foram socorridos. Eles foram atendidos pelos médicos da Eco 101, concessionária que administra a via.

PRF suspeita que motorista tenha dormido ao volante

De acordo com informações do motorista do carro que pegou fogo, recebidas pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), a família que estava no Siena seguia para o Aeroporto de Vitória. Eles saíram de Mantenópolis por volta de 4h30. A suspeita da PRF é de que o condutor tenha dormido ao volante e bateu no outro carro.

“O motorista do Fiat Siena dormiu ao volante seguindo para Vitória. Passou direto depois de uma curva e colidiu frontalmente com a Toyota Hilux. Esse é um levantamento inicial da nossa perícia. É o que estamos constatando com os vestígios no local”, disse o policial rodoviário federal Rafael Ortega.

-->>> Veja o vídeo!