• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Estudantes que se destacam recebem oportunidades em programa do Instituto Ponte

ADOTE UMA CAUSA

Geral

Estudantes que se destacam recebem oportunidades em programa do Instituto Ponte

O programa dá oportunidades a estudantes do 9º ano das Escolas Públicas que se destacam nas disciplinas e em olimpíadas acadêmicas

Iures Wagmaker

Redação Folha Vitória
Foto: Divulgação / Instituto Ponte

Reconhecer a capacidade e dar oportunidades à estudantes que se destacam é o propósito do Programa Primeira Chance. A ideia, que surgiu em 2011, em Fortaleza, ganhou espaço em vários cantos do Brasil. No Espírito Santo, quem executa as ações do projeto é o Instituto Ponte, entidade apoiada pelo Instituto Americo Buaiz.

A proposta do programa é similar ao Bom Aluno. No Primeira Chance, as atividades são realizadas dentro e fora da sala de aula, proporcionando oportunidades a estudantes que necessitam de oportunidades.

Para participar do programa, o aluno precisa estar cursando o 9º ano do Ensino Fundamental das escolas públicas e, preferencialmente, ter participado e ser destaque em alguma olimpíada acadêmica, como a de Português e a de Matemática. São identificados jovens talentosos de famílias de baixa renda que demonstraram capacidade e dedicação necessárias para serem bem sucedidos em sua vida acadêmica e também profissional.

Leia também: Instituto Ponte arrecada livros no Shopping Vitória. Saiba como colaborar!

De acordo com a coordenadora de comunicação do Instituto Ponte, Lívia Maria Castro, as próprias escolas encaminham para o instituto uma relação com os alunos que se destacam e merecem uma chance. "A partir daí, o trabalho é com a gente. Nós entramos em contato com o aluno, apresentamos as propostas do instituto e, se houver interesse, ele segue para o processo seletivo", explica.

Lívia ainda esclarece que a seleção do aluno é realizada por etapas, o que envolve prova objetiva, redação, dinâmicas de grupo e acompanhamento familiar, sempre em caráter eliminatório. 

Atualmente, oito alunos são atendidos pelo programa Primeira Chance. Neste segundo semestre de 2018, mais cinco serão inseridos. A primeira etapa é começar as aulas de Inglês em escolas parceiras do instituto. No próximo ano, ao iniciar o Ensino Médio, eles serão encaminhados com bolsa integral para uma das escolas particulares parceiras do programa.

Segundo a coordenadora de comunicação, as aulas no contraturno escolar continuam com diversas atividades e o acompanhamento do aluno é realizado após a conclusão do Ensino Médio, ingressando o estudante no Ensino Superior e, posteriormente, no mercado de trabalho. "É uma proposta acompanhar o aluno para que, futuramente, ele possa voltar como um instrutor do Instituto Ponte", disse Lívia.

Quem tiver interesse em ajudar qualquer programa do Instituto Ponte, pode doar materiais didáticos e uniformes das escolas e dos cursos de Inglês parceiros, bem como vale-transporte. Livros com temáticas infantojuvenis em bom estado também podem ser entregues. O telefone é (27) 2233-6363.

Instituto Ponte

A missão da instituição é dar oportunidade de educação de qualidade para adolescentes e famílias de baixa renda. O Instituto Ponte é uma organização sem fins lucrativos, qualificada como Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP), que atua com transparência e meritocracia focada em resultados.

Somente no ano passado, 85 alunos foram atendidos pela entidade. O número representa um crescimento de 40% em relação ao serviço executado 2016. A média escolar dos alunos atendidos pelo Instituto Ponte em escolas particulares foi de 8,6 em 2017, sendo que 91% deles tiraram notas acima da média da turma em que estudam.

No total, são 16 escolas que firmaram parcerias com o Instituto Ponte. Destas, 10 estão entre as que têm melhores resultados no Enem no Espírito Santo. Em olimpíadas acadêmicas, 55% dos alunos foram destaque nos 3 anos de atuação da entidade.