• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

EUA: Assessor de Trump afirma que negociações com UE começarão imediatamente

  • COMPARTILHE
Geral

EUA: Assessor de Trump afirma que negociações com UE começarão imediatamente

Um alto funcionário do governo Trump disse no domingo que os EUA "começarão imediatamente" a negociar com a União Europeia para forjar acordos comerciais sobre produtos agrícolas e energéticos, prometendo "uma transação real" para vender mais soja, carne bovina e gás natural líquido aos países europeus.

Larry Kudlow, principal assessor econômico do presidente Trump, disse que estaria envolvido nas negociações, a ser liderado pelo representante comercial dos EUA, Robert Lighthizer. "Nós começaremos imediatamente", disse Kudlow em entrevista à rede CBS. "Nós montaremos um processo em camadas para examinar todas as áreas diferentes".

Kudlow ressaltou que amplas discussões sobre agricultura farão parte das negociações bilaterais, ressaltando uma pendência com Bruxelas, que prometeu manter o setor fora da mesa.

Trump concordou com o presidente da Comissão Européia, Jean-Claude Juncker, na quarta-feira, de fazer uma trégua em uma disputa comercial que surgiu depois que Trump impôs tarifas sobre as importações de aço e alumínio. A Europa havia retaliado, o que provocou novas ameaças de Trump, desta vez de impor restrições ainda maiores às importações de carros europeus.

Autoridades europeias disseram que já estão envolvidas em negociações com os EUA para aumentar as importações de carne bovina e prometeram comprar mais soja americana após a decisão da China de cortar as importações do produto por conta das divergências entre os dois países. Mas os representantes da UE disseram que deixaram claro para Washington que não incluiriam nenhuma discussão mais ampla sobre agricultura nas negociações pendentes.

Kudlow não se mostrou convencido por essa recusa. "Se a agricultura não faz parte das discussões, por que soja e carne bovina estão ali?". "No documento final assinado por ambos, falamos sobre abertura de mercados para agricultores e trabalhadores." Fonte: Dow Jones Newswires.