• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Família de menino que morreu afogado em chácara da Serra recebe atendimento

Geral

Família de menino que morreu afogado em chácara da Serra recebe atendimento

A criança de apenas seis anos morreu após se afogar em uma das piscinas do local

O afogamento aconteceu em uma chácara / Foto: Reprodução TV Vitória

Os conselheiros tutelares estiveram nesta quinta-feira (19) no abrigo onde o menino que morreu afogado em uma chácara morava. No local eles foram avisados de que a família de Marcos Daniel Venturini estava no instituto e estaria recebendo apoio psicológico e jurídico da instituição.

A criança de apenas seis anos morreu após se afogar em uma das piscinas da chácara, em Jacaraípe, na Serra. Na última quarta-feira (18), Marcos Daniel e outras 20 crianças foram ao local participar de uma programação de férias. O menino teria se distanciado do restante do grupo e ido para a piscina. Foi a filha do dono do espaço que encontrou a criança. O Samu chegou a ser acionado, mas o menino já estava morto.

A criança vivia no abrigo há cinco meses. Segundo a Polícia Civil, o menino apresentava transtorno de oposição e desafio. Quem possui o transtorno tem um comportamento difícil e desobediente. De acordo com uma funcionária, uma irmã do menino também morreu vítima de afogamento.

A instituição em que a criança vivia tem parceria com o Instituto Vida. A área possui dormitórios e espaço amplo para atividades físicas. De acordo com os moradores da região, cerca de 20 meninos estão abrigados na casa. Segundo funcionários, as crianças e adolescentes vivem no local porque corriam algum tipo de risco pessoal e social no convívio com as famílias.

Por meio de nota, o Instituto Vida lamentou com profundo pesar o falecimento da criança e se coloca a disposição para prestar todos os esclarecimentos à Justiça e aos familiares.