• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Festival de Inverno: mudanças no trânsito de Domingos Martins

Geral

Festival de Inverno: mudanças no trânsito de Domingos Martins

Por conta do festival, o local vai ganhar um estacionamento maior e haverá mudanças para circular pela região

Domingos Martins acaba de ganhar um novo local de estacionamento com capacidade para até 650 veículos. A novidade se deu por conta do XXV Festival Internacional de Inverno de Música Erudita e Popular de Domingos Martins que se inicia oficialmente neste fim de semana, seguindo até dia 22 de julho.

No centro de Campinho o trânsito também será alterado para o Festival de Inverno de Domingos Martins. A Avenida Presidente Vargas será interditada no trecho entre a loja Maconsil e o Clube de Campinho. Nas sextas-feiras (13 e 20), das 18h às 02h; nos sábados (14 e 21), das 12h às 02h e nos domingos (15 e 22), das 10h à 00h. Durante a semana (16 a 19) a interdição será das 18h às 02h.

Além desse trecho, para acessar o Hospital de Domingos Martins e a região de São Miguel, Melgaço e Galo o condutor deverá seguir pela Ladeira Francisco dos Santos Silva (em frente à Casa da Cultura) e pela Rua Bernardino Monteiro, que funcionará em mão dupla.

A orientação é que os visitantes respeitem a sinalização e não estacionem em local proibido. Aos moradores, que evitem a utilização de veículos para deslocamento em função do aumento expressivo do tráfego.

O espaço conhecido como “área da Refrigerantes Coroa” será utilizado como estacionamento. Para acessar, o condutor deverá seguir pela Travessa Augusto Schwambach (rua da Escola Mariano) e virar à esquerda no novo supermercado Trarbach. O estacionamento funcionará nos finais de semana (dia e noite) e durante a semana (noite) com taxas de R$ 20 para veículos de passeio e motocicletas, R$ 30 para vans e R$ 40 para ônibus de turismo.

Vale ressaltar que vans e ônibus de turismo devem estacionar obrigatoriamente neste local, porque não será permitido o trânsito desses veículos pela cidade.