• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Menina capixaba que sobreviveu a acidente no MS ficará com a tia após receber alta

Geral

Menina capixaba que sobreviveu a acidente no MS ficará com a tia após receber alta

Márcia Valéria Soares, que mora em Brasília, disse que conseguiu uma liminar que lhe garante a guarda de Helora Maria Soares Brandão, de 4 anos

Ao lado da enfermeira Alline, Helora recebe a visita das "princesas da Liga do Bem" | Foto: Márcia Valéria Soares

A menina capixaba de 4 anos que sobreviveu a um acidente de carro no Mato Grosso do Sul, que resultou na morte dos pais dela, deverá seguir para Brasília assim que receber alta da Santa Casa de Campo Grande (MS), onde permanece internada. De acordo com informações apuradas pela reportagem do jornal online Folha Vitória com a própria tia de Helora Maria Soares Brandão, Márcia Valéria Soares, que mora na capital federal, a familiar conseguiu uma liminar que lhe garante a guarda da menina.

Helora recebeu alta do Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do hospital na última quinta-feira (19) e, desde então, segue internada em uma enfermaria da unidade de saúde.

No último sábado (21), ela foi submetida a uma cirurgia para colocar uma haste mais flexível na perna. A previsão é que Helora permaneça por mais duas semanas no hospital de Campo Grande, em observação, até receber alta.

Neste fim de semana, a menina também recebeu a visita das "princesas da Liga do Bem". Uma foto com o registro desse momento foi cedida por Márcia Valéria à reportagem do Folha Vitória.

Acidente

Helora e os pais, Henrique Manoel Gomes Brandão, de 40 anos, e Mery Angela Soares Brandão, de 43 anos, sofreram um acidente na BR 060, em Campo Grande, no último dia 13. A família, que é de Vila Capixaba, em Cariacica, havia alugado um carro na capital do Mato Grosso do Sul e seguia para a cidade de Bonito (MS).

Carro onde a família estava ficou destruído após a batida | Foto: Paulo Francis / Campo Grande News

No entanto, o veículo onde os três estavam bateu de frente com outro carro de passeio, conduzido por uma médica, e que seguia no sentido oposto. O casal não resistiu aos ferimentos. Já a menina foi levada para a Santa Casa de Campo Grande.

Henrique Brandão era superintendente do Banco do Espírito Santo (Banestes) na região Sul. Já Mery Ângela Brandão era professora da rede municipal de Vitória. O casal foi sepultado na última segunda-feira (16), em um cemitério de Cariacica. 

Errata

Inicialmente, a reportagem, publicada às 17h39, noticiou que a enfermeira Alline Allen, que acompanha a menina Helora desde o atendimento após o acidente, havia dado informações sobre o estado de saúde da criança. A enfermeira, no entanto, não conversou com nossa equipe. Por isso, às 21h12, atualizamos esta reportagem. Cordialmente, pedimos desculpas pelo equívoco.