Laudo diz que lancha explodiu em Camburi por problemas mecânicos

Geral

Laudo diz que lancha explodiu em Camburi por problemas mecânicos

O laudo pericial constatou que houve problemas mecânicos na embarcação e descartou qualquer interferência humana para ocasionar a explosão

A explosão na lancha aconteceu em janeiro de 2014, deixando três pessoas gravemente feridas Foto: Reprodução

Depois de sete meses de investigações, saiu o laudo pericial sobre o acidente da lancha que explodiu no canal de Camburi, em Vitória. O laudo constatou que houve problemas mecânicos na embarcação e descartou qualquer interferência humana para ocasionar a explosão.

De acordo com o delegado que investigou o acidente, Arthur Bogoni, da Crimes Contra a Vida de Vitória, ninguém foi indiciado, o caso está encerrado e arquivado. 

A explosão na lancha aconteceu em janeiro deste ano, deixando três pessoas gravemente feridas. O empresário e dono da lancha, Edson Rezende, de 70 anos e o filho, Rodrigo Rezende, 38 anos, tiveram cerca de 80% dos corpos queimados.

Eles foram internados, mas dias depois não resistiram e morreram. O terceiro ocupante da embarcação, o auxiliar Cleverson Claudino, de 25 anos, foi atendido e liberado no mesmo dia do acidente.