Após 3 anos sem legislatura, Egito terá eleições parlamentares

Geral

Após 3 anos sem legislatura, Egito terá eleições parlamentares

Redação Folha Vitória

Cairo, 30/08/2015 - O Egito anunciou neste domingo que as eleições parlamentares há muito aguardadas vão acontecer em outubro e novembro. Trata-se de um passo na direção da democracia, em meio a uma forte repressão de dissidentes.

Ayman Abbas, chefe da Comissão Eleitoral do Supremo, disse que metade da 27 províncias do país vai votar em outubro, nos dias 18 e 19. A segunda etapa se dará nas províncias restantes, em novembro, nos dias 22 e 23.

Os eleitores fora do Egito para a primeira fase votarão em outubro, nos dias 17 e 18, e o restante em novembro, nos dias 21 e 22. O período para os candidatos se inscreverem começa em 1º de setembro e dura 12 dias.

O Egito está sem uma legislatura há três anos. Na sua ausência, o presidente Abdel-Fattah el-Sissi detém autoridade legislativa e passou dezenas de leis por decreto em pouco mais de um ano do seu mandato. Eleições parlamentares deveriam ter sido realizadas em março, mas um tribunal as suspendeu por questões de distritos.

Como chefe do exército, el-Sissi liderou a derrubada em 2013 do presidente islamista Mohammed Morsi. El-Sissi foi eleito presidente no ano passado.