França e Alemanha alertam Putin contra eleições separatistas na Ucrânia

Geral

França e Alemanha alertam Putin contra eleições separatistas na Ucrânia

Redação Folha Vitória

Beirute, 29 - A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, e o presidente da França, François Hollande, alertaram neste sábado o presidente da Rússia, Vladimir Putin, contra a realização de eleições em regiões separatistas da Ucrânia.

De acordo com o chamado Acordo de Misk, a Ucrânia deve realizar eleições locais no leste do país até o fim do ano, mas o governo tem dito que não promoverá a votação em regiões controladas pelos rebeldes por conta da violência. Já os separatistas, que são apoiados pela Rússia, dizem que irão promover suas próprias eleições.

Merkel, Hollande e Putin conversaram neste sábado por telefone, após os líderes da Alemanha e da França terem se encontrado com o presidente ucraniano, Petro Poroshenko, na última segunda-feira. Ele insiste que as eleições marcadas para 25 de outubro não serão realizadas nas áreas separatistas. "Os três chefes de Estado discutiram as preparações para as eleições locais. Isso será um grande passo para a implementação do acordo de Minsk", disse o escritório do presidente francês em nota.

No telefonema, Merkel, Hollande e Putin concordaram que um novo encontro entre os três e Poroshenko nas próximas semanas "pode ser útil", mas não há mais detalhes sobre essa possível reunião. Fonte: Dow Jones Newswires.