Latrocínios aumentam 25% no Estado de SP

Geral

Latrocínios aumentam 25% no Estado de SP

Redação Folha Vitória

São Paulo - O número de pessoas mortas durante tentativas de assalto cresceu no Estado de São Paulo no mês de julho, na comparação com o mesmo mês do ano passado. O total aumentou de 20 para 25 casos, o que equivale a crescimento de 25%.

O aumento ocorre em uma tendência contrária à queda na maioria das estatísticas criminais do Estado. Tanto furtos quanto roubos e homicídios tiveram redução.

Os latrocínios se concentraram no interior do Estado, onde o registro desse crime subiu de 5, em julho de 2014, para 15 no último mês. Na capital, o número foi o mesmo do ano passado: 6 ocorrências. Na Grande São Paulo, houve redução de 9 para 4 casos.

"Não há uma preocupação muito grande, porque ainda se mantém a tendência de queda", disse o secretário de Estado da Segurança Pública, Alexandre de Morais, ao comentar os dados. Segundo ele, mesmo com o aumento, o número é o segundo mais baixo do ano.

No caso de homicídios dolosos, houve diminuição de 332 registros em julho do ano passado, para 274 em julho deste ano. Os números indicam queda de 17,47%. Os roubos em geral recuaram. No mês passado, houve 25.211 registros do tipo, enquanto no mesmo período de 2014 foram feitos 25.911 boletins desse crime em delegacias - queda de 2,7%.