Superávit comercial da China recua para US$ 43,03 bilhões em julho

Geral

Superávit comercial da China recua para US$ 43,03 bilhões em julho

Redação Folha Vitória

Pequim - A China registrou superávit comercial de US$ 43,03 bilhões em julho, menos que o saldo positivo de US$ 47 bilhões contabilizado no mês anterior, segundo números divulgados pela Administração Geral de Alfândega do país. O resultado ficou abaixo da expectativa de 14 economistas consultados pelo Wall Street Journal, que estimavam superávit de US$ 52,9 bilhões no período.

As exportações chinesas medidas em dólares caíram 8,3% em julho ante igual mês do ano passado, muito mais do que a queda prevista de 2,2%. Em junho, havia sido registrado alta de 2,8% na mesma base de comparação.

As importações, por suas vez, encolheram 8,1% neste intervalo, também superando a estimativa de contração de 7,4%. Em junho, as compras de outros países já haviam baixado 6,1% em relação a um ano antes.

Apesar disso, as importações chinesas de cobre e produtos tiveram um aumento anual de 2,9%, chegando a 350 mil toneladas. Também subiram as importações de minério de ferro, que chegaram a 86,1 milhões de toneladas em julho, 4,3% acima do verificado no mesmo mês de 2014. O maior avanço, entretanto, foi visto nas importações de petróleo bruto, que saltaram 29% em julho, na comparação com um ano antes, chegando a 30,7 milhões de toneladas. Por outro lado, as importações de produtos de aço caíram 14%, para 1,05 milhão de toneladas.

No acumulado de janeiro a julho, as importações de petróleo subiram 10% frente ao mesmo período do ano passado, as de produtos de aço caíram 9,1%, as de cobre baixaram 9,5% e as de minério de ferro recuaram 0,1%. Fonte: Dow Jones Newswires.

Pontos moeda