• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Cai número de acidentes de trânsito no Espírito Santo

  • COMPARTILHE
Geral

Cai número de acidentes de trânsito no Espírito Santo

Só em 2015, foram realizados 8.790 atendimentos às vítimas de acidentes de trânsito pelo SAMU 192, o que resultou em uma média de gasto com internação de pacientes de R$11 mil

Cerca de 48.377 acidentes foram registrados em 2015 Foto: Reprodução

O número de acidentes de trânsito no Espírito Santo apresentou uma queda considerável. Em todo o Estado, foram registrados 48.377 acidentes em 2015, sendo mais da metade na Grande Vitória. Enquanto em 2014, no mesmo período, os números chegaram a 55,524, sendo mais de 7 mil em relação ao ano passado. 

Só em 2015, foram realizados 8.790 atendimentos às vítimas de acidentes de trânsito pelo SAMU 192, o que resultou em uma média de gasto com internação de pacientes de R$11 mil. 

Do total de acidentes registrados, 16.715 tiveram envolvimento de motociclistas. De acordo com o Relatório Anual de Estatística de Trânsito de 2015, apresentado nesta quarta-feira (31)  pelo Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran|ES), dos 11.311 motociclistas envolvidos em acidentes com vítimas, 84,9% são do sexo masculino e de faixa etária de 18 aos 24 anos. 

Segundo o Diretor Geral do Detran Romeu Scheibe Neto,a queda no número de acidentes de trânsito é positiva, mas demonstra que ainda é necessário muito trabalho para melhorar os resultados. 

"É positivo quando vemos um tendência de queda, mas demonstra que ainda temos que trabalhar muito para poder promover a redução de acidentes. O ideal seria que não tivéssemos nenhum acidente de trânsito e nenhuma vítima fatal, mas isso é algo que vamos buscar a medida do tempo. Os dados que a gente traz hoje vão canalizar as nossas ações para que elas sejam mais efetivas", explica. 

O excesso de velocidade é o principal tipo de infração registrada. Entre os 758.267 registros em 2015, também estão: estacionar em local proibido, avançar sinal vermelho, dirigir usando celular e dirigir sem possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH).