Gatíneo GO: Página aproveita febre de jogo para divulgar gatinhos precisando de lar

Geral

Gatíneo GO: Página aproveita febre de jogo para divulgar gatinhos precisando de lar

O Gatíneo GO é uma maneira divertida de divulgar os gatinhos que aguardam adoção. A página conta um pouco dos gatinhos que precisam de um lar

Os gatinhos estão esperando adoção Foto: Reprodução/Facebook/Purrrtografia

Uma página do Facebook está aproveitando todo o interesse dos geeks pelo jogo para divulgar um outro tipo de "monstrinho" que você pode capturar e levar para casa no mundo real. Esse, por exemplo, é o gatinho Balin, ele está aguardando por um "treinador" que o adote. A ideia da ação, chamada Gatíneo Go, é do jornalista e fotógrafo Felipe Guerra, dono da página Purrrtografia.

Guerra disse que a ideia foi inspirada em outras ações semelhantes e tem objetivo de divulgar os gatinhos que aguardam para serem adotados. O fotógrafo juntou o visual do game com belas fotos de gatinhos, como a Antonia para publicar no Facebook. Para saber como adotar, acesse a página Próxima
Guerra conta que a ideia foi inspirada em outras ações semelhantes e tem objetivo de divulgar os gatinhos que aguardam para serem adotados. O fotógrafo juntou o visual do game com belas fotos de gatinhos, como a Antonia para publicar no Facebook.

Veja!

Antonia  Foto: Reprodução Facebook
Essa gatinha é a Moira McTaggert. Ela tem 5 anos e foi resgatada pela Confraria dos Miados e Latidos, de São Paulo, em 2014. Vivia em uma casa lotada de animais e não recebia os devidos cuidados. Segundo seu perfil no Gatíneo Go ela é extremamente simpática e não resiste a um carinho Foto: Reprodução Facebook
Kol é um gatíneo dos tipos Brincalhão/Carinha Dramática  Foto: Reprodução Facebook

O perfil do Kol na página diz o seguinte: "Kol é um gatíneo dos tipos Brincalhão/Carinha Dramática (repara no olhar filosófico do gato, meldels)! Ele tem um ano e meio e aguarda, desde pequenininho, a sua vez de ser adotado". Segundo o jornalista, é possível aproveitar esse momento de interesse em um game para tratar uma causa social.

— A ideia é aproveitar a atenção que está sendo dada a esse jogo, que envolve tanta nostalgia e paixão em nossas vidas, para dar visibilidade a uma causa social tão relevante e voz para esses "bichíneos" fofos que infelizmente não podem sair por aí por conta própria pedindo para serem adotados.

O gatíneo Pushkin é do tilpo ninja Foto: Reprodução Facebook

O gatíneo Pushkin é do tilpo ninja, já que ele se se resgatou sozinho. Isso mesmo, assim que a Confraria dos Miados e Latidos se mudou, ele estava na frente da nova sede. Isso mesmo, só esperando pelo pessoal para poder entrar.

O gatíneo Pushkin é do tilpo ninja, já que ele se se resgatou sozinho. Isso mesmo, assim que a Confraria dos Miados e Latidos se mudou, ele estava na frente da nova sede. Isso mesmo, só esperando pelo pessoal para poder entrar.

Essa daqui é a Fiona Apple Foto: Reprodução Facebook

Fiona Apple é uma "gatínea" que se assemelha ao pokémon Ditto, porque em cada foto feita ela está com uma cara diferente, comenta o jornalista no Facebook. Dá uma olhada, nessa, ela copiou a Grumpy Cat!

"Alex Atala" é um gatíneo dos tipos Chef/Vampiro Foto: Reprodução Facebook

Já o "Alex Atala" é um gatíneo dos tipos Chef/Vampiro (por conta do nome e dos dentinhos salientes). O Gatíneo Go informa que ele é bastante carinhoso. Quem quiser mais informações pode entrar em contato com a página ou com a ONG Confraria dos Miados e Latidos, que abriga todos essas fofuras

O Ali é um gatíneo do tipo sobrevivente. Foto: Reprodução Facebook

O Ali é um gatíneo do tipo sobrevivente. Ele conseguiu fugir de uma demolição e, mesmo assim, é bastante carinhoso com as pessoas e tem o charme do olhinho meio fechado. Você pode saber mais sobre qualquer um desses lindos gatinhos e como fazer para adotá-los na página Purrrtografia

Com informações do Portal R7