Laudo que deve apontar causas de incêndio em restaurante em Marechal Floriano ficará pronto em 15 dias

Geral

Laudo que deve apontar causas de incêndio em restaurante em Marechal Floriano ficará pronto em 15 dias

Segundo um dos proprietários da Casa da Bica, localizado às margens da BR 262, quase tudo foi perdido por causa do fogo. Investigação será feita pelo Corpo de Bombeiros

Incêndio aconteceu na madrugada desta segunda-feira Foto: Reprodução

O laudo que deverá indicar as causas do incêndio em um restaurante em Marechal Floriano, na região serrana do Estado, será concluído em 15 dias. A informação é do Corpo de Bombeiros, que investiga o caso.

O restaurante "Casa da Bica", localizado às margens da BR 262, foi destruído por um incêndio, na madrugada desta segunda-feira (22). De acordo com o Corpo de Bombeiros, o fogo começou por volta das 03h30 e não houve vítimas. Quando os bombeiros chegaram ao local, as chamas já tinham destruído quase tudoinclusive as câmeras de videomonitoramento e os computadores que armazenavam as imagens.

Um dos proprietários do estabelecimento, Paulo Gilles, conta que ainda não tem como saber qual o valor do prejuízo, mas destaca que o incêndio provocou praticamente perda total. "Só conseguimos salvar uma câmara fria, de armazenagem de alimentos", frisou.

O dono do restaurante disse que não desconfia do que pode ter provocado as chamas. "Nunca tivemos problema com instalação elétrica. Inclusive temos um alvará do Corpo de Bombeiros que comprova isso. Somente depois que sair o laudo vamos saber o que realmente aconteceu".

Paulo afirmou também que o local possui seguro e que pretende retornar com o estabelecimento o mais breve possível, mas ainda não tem uma previsão de quando isso vai acontecer. O proprietário informou ainda que todos os 16 funcionários entraram de férias coletivas e que ninguém será demitido.

"Ainda é cedo para falar de retorno, mas posso dizer que a nossa intenção é voltarmos ainda melhores. A parte ambiental já foi resolvida, só falta mesmo limpar toda a área e iniciar a reconstrução", ressaltou.

De acordo com o proprietário, a Casa da Bica pertence à sua família e funciona com esse nome desde 2002. Antes disso, funcionava no local um bar, também de propriedade da família.