Obras do Hospital de Cariacica devem gerar até 150 vagas de emprego

Geral

Obras do Hospital de Cariacica devem gerar até 150 vagas de emprego

A primeira fase do projeto, executada pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER-ES), representa um investimento de, aproximadamente, R$ 9 milhões

Edital para início das obras de Hospital de Cariacica é assinado pelo Governador. Foto: Everton Nunes

O edital que marca o início das obras do Hospital Geral de Cariacica será lançado nesta terça-feira (16). O anúncio foi feito na manhã desta segunda-feira (15), durante uma reunião no Palácio Anchieta, em Vitória.

O edital é para terraplanagem do terreno onde será construído o hospital. O local conta com 32 mil metros quadrados de área e a previsão é que o serviço seja entregue em até 6 meses após o início das obras. 

Essa fase, executada pelo Departamento de Estradas de Rodagem (DER-ES), representa um investimento de, aproximadamente, R$ 9 milhões.

A partir do lançamento do edital, o Governo espera que a empresa que irá realizar a obra seja contratada entre 90 e 120 dias. Com isso, a expectativa é que as obras comecem até o final deste ano.

De acordo com o governo, nessa fase serão gerados 150 empregos diretos. O diretor geral do DER-ES, Halpher Luiggi, explicou detalhes sobre essa primeira fase para construção do novo hospital.  

“Além da área do hospital, vamos ter também mais 400 metros de ligação entre o hospital e a Leste–Oeste e vamos ter ainda as questões compensação ambiental e todo o paisagismo. Então esse edital é um pouco maior do que a terraplanagem do Hospital Geral de Cariacica. O custo é de R$17 milhões, sendo R$9 milhões referentes ao hospital e R$8 milhões por várias adequações finais que nós faremos na rodovia Leste-Oeste”, informou Luiggi.

Hospital

A previsão é as obras do Hospital geral de Cariacica fiquem prontas no final de 2019.  A unidade contará com 400 leitos e deve receber no ambulatório 8 mil atendimentos por mês, além de disponibilizar 30 mil diárias de UTI.

Segundo o Secretário Estadual de Saúde, Ricardo de Oliveira, foi realizado um estudo para identificar quais são as necessidades da região e que os recursos para andamento da obra estão garantidos. 

“O hospital terá um conjunto de especialidades de acordo com o estudo de perfil feito pela Secretaria Estadual de Saúde, para poder atender a demanda daquela região. O orçamento está completo com R$270 milhões disponibilizados pelo BNDES. Não vão faltar recursos para obra. Essa obra não vai parar por conta de falta de recursos”, informou.

Obras paradas

Hartung entregou Projeto de Lei ao presidente da Assembleia Legislativa, Theodorico Ferraço.  Foto: Everton Nunes

Durante a reunião, o Governador Paulo Hartung entregou ao presidente da Assembleia Legislativa, Theodorico Ferraço, um projeto de lei para contratação de uma empresa privada para realizar um levantamento da situação das obras que estão paradas no Estado.

De acordo com o Procurador Geral do Estado, Rodrigo Rabello Vieira, ao todo mais de 100 obras que estão paralisadas, entre elas escolas e o projeto Caminhos do Campo, que tem o objetivo de adequar e revestir as estradas rurais capixabas.

“Esse projeto autoriza, se a Assembleia Legislativa aprovar, o Estado a promover a contratação de empresas para realizar inventários físicos. Essas empresas vão até a obra e vão radiografar em que fase a obra está e isso vai ser confrontado com o cronograma financeiro, ou seja, se já foi pago mais que a obra andou ou se foi pago menos.”, informou.