Líder supremo do Irã critica novas sanções dos EUA assinadas por Trump

Geral

Líder supremo do Irã critica novas sanções dos EUA assinadas por Trump

Redação Folha Vitória

Teerã - O líder supremo do Irã, o aiatolá Ali Khamenei, criticou as novas sanções dos Estados Unidos contra Teerã, assinadas pelo presidente Donald Trump na quarta-feira, e prometeu que seu país continuará com o programa de mísseis, apesar da pressão internacional.

Nesta quinta-feira, durante cerimônia de posse do segundo mandato do presidente Hassan Rouhani, Khamenei disse que Washington "usará qualquer desculpa para fazer barulho" contra o Irã. "A resposta à hostilidade é tornar-se mais forte", afirmou o líder, descrevendo o governo dos EUA como "o principal agressor e o inimigo mais desavergonhado do Irã".

"Alguns têm aplicado fortemente hostilidades [contra o Irã], como aqueles que hoje estão no poder nos EUA", ressaltou Khamenei, sem mencionar o nome do presidente americano ou a assinatura do presidente à lei aprovada pelo Congresso que impõe sanções contra o Irã, a Rússia e a Coreia do Norte. Fonte: Associated Press.