• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Após paralisação, ortopedistas voltam a atender no Himaba

Geral

Após paralisação, ortopedistas voltam a atender no Himaba

Os ortopedistas paralisaram o atendimento no Hospital Estadual Infantil e Maternidade Alzira Bernardino Alves (Himaba) na terça-feira (31)

Os ortopedistas que paralisaram o atendimento no Hospital Estadual Infantil e Maternidade Alzira Bernardino Alves (Himaba), em Vila Velha, por falta de pagamento, retomaram as atividades na manhã desta quarta-feira (1º), segundo informações encaminhadas pela assessoria do Instituto de Gestão e Humanização (IGH), empresa que responde pela administração do hospital desde o fim do ano passado. 

O jornal online Folha Vitória tentou contato com o Sindicato dos Trabalhadores de Saúde do Estado (Sindisaúde) para confirmar o retorno do atendimento, mas até o fechamento desta matéria não tivemos um retorno.

Entenda o motivo da paralisação 

O Sindicato dos Trabalhadores de Saúde do Estado (Sindisaúde) informou que os médicos interromperam o atendimento no Himaba porque os pagamentos estão em atraso. O sindicato informou na última terça-feira (31), que enviou o caso ao Ministério Público Estadual para investigar e possivelmente apresentar uma denúncia.

Já o Ministério Público informou que até a tarde de terça (31) ainda não tinha recebido essa denúncia, mas que analisa episódios anteriores envolvendo o local. O Ministério Público disse que já foram solicitadas vistorias regulares e que ajuizou uma ação civil pública para que o estado realize um concurso público para contratação de pediatras e a elaboração de plano de cargos, carreiras e salários dos profissionais da saúde.

Fila 

Na manhã desta quarta-feira (1º) a equipe da TV Vitória esteve no hospital e registrou fila de pacientes que aguardavam para marcar consultas. 

Por nota, a emrpesa responsável por responder pelo Hospital Estadual Infantil e Maternidade Alzir Bernardino Alves (Himaba), em Vila Velha, informou que todo primeiro dia útil do mês é aberta a marcação para a agenda de consulta de retorno no ambulatório da unidade, e que o ambulatório oferece vagas de consultas para 16 especialidades.

Informaram ainda que esta marcação de retorno também pode ser agendada por telefone evitando que o paciente tenha que se deslocar até a unidade. Ainda de acordo com a nota, a direção disse que está estudando outras formas de realizar o agendamento, e que a fila registrada nesta quarta-feira não tem relação com a paralisação dos profissionais da ortopedia, que, inclusive, já retornaram ao trabalho e estão atendendo normalmente.