• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Capixaba que sobreviveu a acidente no MS recebe alta e vai para Brasília

Geral

Capixaba que sobreviveu a acidente no MS recebe alta e vai para Brasília

Ela deixou o hospital no início da noite da última quinta-feira (2)

A menina foi morar junto com uma tia em Brasília / Foto: Reprodução

Após três semanas internada, a criança capixaba que sobreviveu ao acidente em Mato Grosso do Sul recebeu alta. De acordo com o hospital, ela deixou o local no início da noite da última quinta-feira (2). 

Helora Maria, de 4 anos, estava no carro com os pais Henrique Manoel Gomes Brandão, de 40 anos, e Mery Angela Soares Brandão, de 43 anos, quando o acidente aconteceu. Os pais dela não resistiram e morreram.

De acordo com o primo de Mery Angela, Alonso Rosa, a menina foi para a casa da tia, que mora em Brasília, e que acompanhou toda a trajetória da sobrinha no hospital. 

“Ela já deve ter chegado em Brasília e ficou com a tia, pois ainda precisa de cuidados. Ela já está bem, mas foi um trauma muito grande. A família está muito feliz com a notícia e na expectativa de vê-la e, principalmente, ter contato com ela. Não há previsão que venha para o Estado, mas esperamos que esse dia chegue”, contou.

Acidente

Helora e os pais sofreram um acidente na BR 060, em Campo Grande, no dia 13 de julho. A família, que é de Vila Capixaba, em Cariacica, havia alugado um carro na capital do Mato Grosso do Sul e seguia para a cidade de Bonito (MS).

No entanto, o veículo onde os três estavam bateu de frente com outro carro de passeio, conduzido por uma médica, e que seguia no sentido oposto. O casal não resistiu aos ferimentos. Já a menina foi levada para a Santa Casa de Campo Grande.

Henrique Brandão era superintendente do Banco do Espírito Santo (Banestes) na região Sul. Já Mery ngela Brandão era professora da rede municipal de Vitória. O casal foi sepultado no dia 16 de julho, em um cemitério de Cariacica.