• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Crianças serão imunizadas contra poliomielite e sarampo em Guarapari

  • COMPARTILHE
Geral

Crianças serão imunizadas contra poliomielite e sarampo em Guarapari

A ação faz parte da Campanha Nacional de Vacinação lançada pelo Ministério da Saúde na data de ontem (31) com o objetivo de aumentar coberturas vacinais no país e evitar reintrodução dessas doenças, já eliminadas no Brasil

Aline Couto

Redação Folha da Cidade

Na próxima segunda-feira (6) será iniciada uma Campanha Nacional de Vacinação contra a poliomielite e o sarampo, que pretende vacinar quem nunca tomou a vacina, completar todo o esquema de vacinação de quem não tomou todas as doses e dar uma dose de reforço para quem já se vacinou completamente, tomou todas as doses necessárias à proteção.

A campanha deste ano tem a intenção de vacinar todas as crianças dessa faixa etária no país e manter coberturas homogêneas de vacinação. Para a poliomielite, as que não tomaram nenhuma dose durante a vida receberão a VIP. Já os menores de cinco anos que já tiverem tomado uma ou mais doses da vacina, receberão a VOP, a gotinha. Em relação ao sarampo, todas as crianças receberão uma dose da vacina Tríplice viral, independente da situação vacinal, desde que não tenham sido vacinadas nos últimos trinta dias.

Segundo o Ministério da Saúde, o Brasil já tem 822 casos confirmados de sarampo somente neste ano. Diferente da paralisia infantil, que se trata de uma precaução. Apesar de não haver casos da doença, erradicado desde 1994, o controle está abaixo da meta em 312 cidades.

Esse é o momento dos pais se programarem para levar os pequenos de um ano a menores de cinco no posto de saúde mais próximo. A campanha vai até o dia 31 deste mês e o dia D de mobilização será sábado, 18 de agosto.

Diminuição vacinal

Desde que observou redução nas coberturas vacinais do país, o Ministério da Saúde tem alertado sobre o risco da volta de doenças que já erradicadas no País, como é o caso do sarampo. Entre as principais causas, desconhecimento individual de doenças já eliminadas, horários de funcionamento das unidades de saúde incompatíveis com as novas rotinas da população, circulação de notícias falsas na internet e WhatsApp causando dúvidas sobre a segurança e eficácia das vacinas.

Vacinação:

De 06 a 31 de agosto – Horário: de 8h às 15h

Unidade de Saúde “Terezinha Loyola”

Unidade de Saúde “Mário Sérgio Pereira”

Unidade de Saúde “Terezinha Santos”

Unidade de Saúde “Maria Madalena Astori Gobbi”

Centro de Saúde “Dr Roberto Calmon”

Centro Municipal de Saúde

Unidade de Saúde “Jader Avelar”

Unidade de Saúde “Pedro Machado”

Unidade de Saúde “Luiz Buback”

Unidade de Saúde “Normilia Cunha”

Unidade de Saúde de Santa Mônica

Unidade de Saúde de Setiba