• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Missa em memória às vítimas de acidente de trânsito será realizada no próximo domingo no Convento

Geral

Missa em memória às vítimas de acidente de trânsito será realizada no próximo domingo no Convento

A homenagem faz parte do Dia Estadual em Memória às Vítimas de Acidente de Trânsito

A missa será no campinho do Convento da Penha / Foto: Reprodução

Em memória às vítimas de acidente de trânsito, será realizada uma missa no próximo domingo (05), no Campinho do Convento da Penha, em Vila Velha. A celebração acontecerá a partir das 8h30. 

Segundo a organização, o evento é uma oportunidade de homenagear, recordar, lembrar e fazer orações pelas vítimas e pelas famílias. O objetivo da Missa é também demonstrar indignação e protesto diante da legislação falha. 

Essa homenagem faz parte do Dia Estadual em Memória às Vítimas de Acidente de Trânsito, que foi instituído pela Lei Nº 9.689, sendo comemorado todo primeiro domingo de agosto. A data tem por finalidade demostrar manifestações de solidariedade às milhares de vítimas de acidente de trânsito, bem como confortar as famílias que tanto sofrem a dor da ausência.

Dados

Segundo os organizadores do evento, todos os anos, no Brasil, morrem 50 mil pessoas vítimas de acidentes de trânsito. Grande parte, causadas pela imprudência e desrespeito à vida. Em quase todos os casos, o consumo de álcool, o excesso de velocidade e o uso do celular na direção de um veículo, trazem uma triste realidade: os acidentes nas estradas e vias brasileiras, matam mais que as guerras pelo mundo.

No país, 400 mil pessoas ficam mutiladas pela violência no trânsito. Pessoas que sofrem sequelas e deformidades permanentes, perdas de membro, perdas de função locomotora, paralíticos e tetraplégicos. Outro dado alarmante é a certeza da impunidade. Hoje a sentença para um condenado em crimes de trânsito está sendo substituída por cestas básicas, ou seja, a vida humana está banalizada. Faltam penalidades mais severas e com rispidez.