Cães bombeiros se aposentam e são homenageados em evento

Geral

Cães bombeiros se aposentam e são homenageados em evento

Athos e Vida, que atuaram na corporação durante 9 e 10 anos, respectivamente, prestaram serviços em momentos marcantes, como os desastres de Brumadinho e Mariana, além do desabamento de parte do Grand Parc

Redação Folha Vitória

Redação Folha Vitória
Foto: Reprodução / Divulgação CBMES

O Corpo de Bombeiros realizou, na manhã desta sexta-feira (20), uma homenagem aos dois cães da unidade K9 da corporação, que estão se aposentando e, agora, irão viver juntos com seus condutores. 

Athos e Vida, que atuaram durante 9 e 10 anos, respectivamente, prestaram serviços em momentos marcantes, como os desastres de Brumadinho e Mariana, e o desabamento de parte do Grand Parc Residencial, em Vitória.

A homenagem aconteceu durante a formatura do curso de habilitação de sargentos de 2020, que aconteceu nesta sexta-feira (20), às 8h30, no Quartel do Comando-Geral dos Bombeiros, localizado na Enseada do Suá.

O evento, que formou 48 novos sargentos, contou com a presença do governador Renato Casagrande e da vice-governadora Jacqueline Moraes.

Os animais foram homenageados durante a solenidade, e os condutores dos cães receberam uma placa como condecoração pelos serviços prestados junto aos animais.

Dupla de cães foi uma das primeiras a atuar junto aos bombeiros

Foto: Reprodução / Divulgação CBMES

Os cães Athos e Vida foram alguns dos primeiros a atuarem junto da Força Especial de Busca e Resgate com Cães (equipe K9), institucionalizada no Corpo de Bombeiros do Estado em 2012.

Os animais atuaram em ocorrências de destaque, como os desastres de Mariana e Brumadinho, o desabamento do Grand Parc Residencial, em Vitória, dentre outros.

Agora, os "cães bombeiros" descansarão na casa dos condutores, como explica a Tenente Andresa.

"Na corporação, nós não usamos canil. Essa metodologia permite que os cães consigam trabalhar por mais tempo, até por questões hormonais. Agora, Athos e Vida descansarão junto aos condutores".

Dos 45 dias aos três meses de idade, os cães passam por um processo de seleção.

Após triagem e certificação, que é feita junto do condutor, os animais prestam serviços à sociedade capixaba e, em contrapartida, recebem ração, equipamentos e assistência veterinária.