VÍDEO | Chuva e ventos fortes provocam estragos na Grande Vitória nesta segunda-feira

Geral

VÍDEO | Chuva e ventos fortes provocam estragos na Grande Vitória nesta segunda-feira

Na Serra, houve queda de uma casa. Já em Vitória já foram registradas pelo menos cinco quedas de árvores e o destelhamento de uma residência

Foto: Reprodução/ WhatsApp

A chuva e o vento forte que atinge a Grande Vitória, nesta segunda-feira (30), já começaram a provocar estragos em alguns pontos da região. Há registros da queda de uma casa na Serra e de pelo menos cinco árvores em Vitória.

O desabamento da residência na Serra aconteceu na rua Manhuaçu, bairro Praia de Carapebus. Segundo informações do Corpo de Bombeiros, três pessoas ficaram feridas, mas sem gravidade.

Já na capital, segundo informações da Prefeitura de Vitória, foram registradas cinco quedas de árvores até as 20 horas desta segunda-feira. Elas aconteceram nos bairros Praia do Canto, Santa Lúcia, Ilha do Príncipe e Jardim da Penha.

De acordo com os bombeiros, na rua Constante Sodré, na Praia do Canto, uma árvore de grande porte caiu em cima de um carro em movimento. No entanto, os ocupantes conseguiram sair do veículo sem ferimento.

Ainda na capital, a Prefeitura de Vitória informou o registro de um destelhamento de residência no bairro São Benedito.

De acordo com a prefeitura, as equipes estão de plantão e a Defesa Civil municipal pode ser acionada pelo telefone de emergência: 8818-4432.

Chuva forte já era esperada no Espírito Santo

A forte chuva desta segunda já era prevista por institutos de meteorologia, que emitiram alertas de chuva intensa para os próximos dias no Espírito Santo. 

A mudança do clima, segundo os especialistas, está relacionada à presença da umidade trazida pelos ventos costeiros e a passagem de uma frente fria pelo oceano.

O Climatempo divulgou, nesta segunda-feira, um alerta de chuva forte e volumosa, com risco de alagamentos e rajadas de ventos de até 60 km/h na Grande Vitória e nas regiões Leste e Norte capixaba. A Marinha do Brasil também emitiu um alerta para a ocorrência de ventos fortes no litoral capixaba.

Já o alerta de chuva intensa foi reforçado pelo Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). De acordo com o órgão, o volume de chuva pode chegar a 60 milímetros por hora. Há risco de alagamentos, deslizamentos de encostas e transbordamentos de rios.

O Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Inpacer) também emitiu um alerta de atenção devido às condições favoráveis para a ocorrência de chuvas de moderada a forte intensidade, resultando em acumulados expressos de chuva ao longo do período.

O coordenador de Meteorologia do Incaper, Hugo Ramos, explicou que as mudanças no clima no Estado já estavam previstas.

"Já havia a previsão de mudanças no clima. Essa mudança é reforçada pela frente fria que está passando pelo oceano. A umidade trazida pelos ventos reforça a instabilidade. Ela causou o aumento das nuvens que tem provocado a chuva", pontuou.