Dois tripulantes de novo navio em quarentena no ES são internados com covid-19

Geral

Dois tripulantes de novo navio em quarentena no ES são internados com covid-19

A embarcação Mandrião, segundo a Anvisa, é a quarta a entrar em quarentena no Estado em pouco mais de um mês

Gabriel Barros da Silva Eduardo

Redação Folha Vitória
Foto: Reprodução/ Google Earth

Dois tripulantes do navio Mandrião foram encaminhados para um hospital após testar positivo para covid-19 no último fim de semana. De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), uma terceira pessoa também testou positivo. Ela desembarcou do navio para cumprir quarentena em terra.

A Anvisa explicou que a embarcação foi colocada em quarentena em um Porto privado na Capital, no último sábado (28), após alguns trabalhadores apresentarem sintomas do novo coronavírus. Os 46 tripulantes foram submetidos a testes e três positivaram. Os resultados dos exames foram recebidos pela Agência nesta segunda-feira (30).

A embarcação, segundo a Anvisa, presta apoio marítimo para plataformas e navega pela costa brasileira. A Secretaria da Saúde informou que ainda não recebeu notificação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária relacionada a nova embarcação.

Como adiantou o Folha Vitória, o navio Mandrião é o quarto a entrar em quarentena desde o fim de julho. 

Outros dois navios estão em quarentena no ES desde a semana passada

As embarcações Skandi Búzios e Pardela ainda cumprem quarentena no Espírito Santo. A embarcação Skandi está Porto de Vitória desde 21 de agosto, após oito das 78 pessoas que estavam a bordo testarem positivo para covid-19. Os positivados foram levados de helicóptero para cumprir isolamento no Rio de Janeiro.

Já a embarcação Pardela segue em isolamento na Companhia Portuária Vila Velha. Um tripulante testou positivo. A embarcação atracou na manhã de sexta-feira (27) transportando 50 tripulantes. A Anvisa informou que o desembarque do caso positivo e de outros três tripulantes que foram contactantes foi autorizado para que seja feito isolamento. Não há registros de variantes de preocupação.

As duas embarcações atuam em apoio marítimo, ou seja, realizando operações de suporte às atividades das plataformas navegação de cabotagem, navegando entre portos brasileiros.

LEIA MAIS: Já são três navios que cumprem quarentena por casos de covid em Vitória

Há um mês, outro navio cumpriu quarentena no Porto de Vitória

A embarcação Robert Maersk, da Dinamarca, veio do Porto de Santos, em São Paulo, e atracou no Espírito Santo no dia 26 de julho.

Na ocasião, dois dos 22 tripulantes apresentam sintomas. Eles foram atendidos por um médico e foram hospitalizados. Os outros passageiros também passaram testes. Ao todo, 11 tripulantes testaram positivo para covid-19. O navio ficou mais de 15 dias atracados no porto com os tripulantes isolados.

A embarcação dinamarquesa, que faz cabotagem na costa brasileira, trouxe 20.900t de combustível. Apesar de ter bandeira estrangeira, o navio é afretado por uma empresa brasileira.

Após todos os tripulantes serem submetidos a novos testes e ter o resultado negativa, o navio foi liberado no dia 12 de agosto.