Já são três navios que cumprem quarentena por casos de covid em Vitória

Geral

Já são três navios que cumprem quarentena por casos de covid em Vitória

Segundo a Anvisa, ainda não há informações a respeito do número de tripulantes positivados e/ou em isolamentos. Outros dois navios já cumpriam quarentena desde a última semana no Porto da Capital

Foto: Reprodução/ Marinha do Brasil
Navio Norueguês, Skandi Búzios cumpre quarentena no Porto de Vitória, desde o último dia (27)

Uma nova embarcação entrou em quarentena em Vitória. É a terceira desde a semana passada, segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O navio ainda não foi identificado e nem onde está atracado.

Em relação às outras duas, Pardela e Skandi Búzios, o órgão informou que não tem novidades do panorama divulgado na última sexta-feira (27). As quarentenas prosseguem no Porto de Vitória. A agência informou ainda que mais detalhes deverão ser divulgados ao longo desta segunda-feira (30).

Navios cumprem quarentena no Porto de Vitória devido a casos confirmados de covid-19

Além da embarcação Skandi Búzios, que já cumpria quarentena no Estado desde 21 de agosto, após oito casos confirmados, o navio Pardela segue em isolamento. Um tripulante testou positivo. A embarcação atracou na manhã de sexta-feira (27) no Cais Comercial da Capital, segundo a Codesa. 

Transportando 50 tripulantes, na embarcação foi constado um teste positivo para o vírus. A Anvisa informou que o desembarque do caso positivo e de outros três tripulantes que foram contactantes foi autorizado para que seja feito isolamento. Não há registros de variantes de preocupação.

Na embarcação Skandi Búzios, da Noruega, foram confirmados, inicialmente, oito casos positivos de covid-19. O navio transportava 78 tripulantes. Os positivados foram levados por helicóptero para cumprir isolamento no Rio de Janeiro.

As duas embarcações atuam em apoio marítimo, ou seja, realizando operações de suporte às atividades das plataformas navegação de cabotagem, navegando entre portos brasileiros.

Há um mês, um outro navio cumpriu quarentena no Porto de Vitória

A embarcação Robert Maersk, da Dinamarca, veio do Porto de Santos, em São Paulo, e atracou no Espírito Santo no dia 26 de julho.

Na ocasião, dois dos 22 tripulantes apresentam sintomas. Eles foram atendidos por um médico e foram hospitalizados. Os outros passageiros também passaram testes. Ao todo, 11 tripulantes testaram positivo para covid-19. O navio ficou mais de 15 dias atracados no porto com os tripulantes isolados.

A embarcação dinamarquesa, que faz cabotagem na costa brasileira, trouxe 20.900t de combustível. Apesar de ter bandeira estrangeira, o navio é afretado por uma empresa brasileira.

Após todos os tripulantes serem submetidos a novos testes e ter o resultado negativa, o navio foi liberado no dia 12 de agosto.