Funcionários da Unicamp encerram greve após 112 dias

Geral

Funcionários da Unicamp encerram greve após 112 dias

Redação Folha Vitória

São Paulo - Após 112 dias parados, os servidores da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) decidiram na tarde desta quinta-feira, 11, encerrar a greve iniciada para reivindicar reajuste salarial. O grupo aceitou a proposta feita pela reitoria, de aumento de 5,2% nos salários e abono de 28,6% para recompor as perdas inflacionárias desde maio, quando começou a negociação do dissídio.

A decisão foi tomada em assembleia com cerca de 600 grevistas. Os benefícios serão pagos uma semana depois do retorno às atividades. Outra promessa feita pela reitoria é levar à frente a equiparação dos pisos salariais entre as carreiras na Unicamp e na Universidade de São Paulo (USP). A greve foi a mais longa da história da Unicamp. Os funcionários devem retornar ao trabalho na segunda-feira, 15.