Novo líder em Burkina Faso diz que eleição em outubro é muito cedo

Geral

Novo líder em Burkina Faso diz que eleição em outubro é muito cedo

Redação Folha Vitória

Ouagadougou, Burkina Faso - O general militar que tomou o poder em um golpe de Estado em Burkina Faso disse que a data 11 de outubro para as eleições nacionais previstas parece ser "muito cedo".

O general Gilbert Diendere foi nomeado novo líder do país do Oeste Africano nesta quinta-feira, um dia depois de os militares prenderam o presidente interino do país e o primeiro-ministro.

Em uma entrevista por telefone à Associated Press, Diendere criticou o código eleitoral que havia proibido os membros do partido do ex-presidente Blaise Compaore de participar nas eleições.

Diendere era o chefe da guarda presidencial de elite de Compaore, que foi deposto em um levante popular no ano passado após 27 anos no poder. Fonte: Associated Press.