• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Número de acidentes cai 27% nas marginais após novos limites

Geral

Número de acidentes cai 27% nas marginais após novos limites

São Paulo - Um estudo da Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) revelou que o número de acidentes com vítimas caiu 27% após seis semanas da implementação da redução da velocidade nas Marginais do Tietê e do Pinheiros, em comparação com o mesmo período do ano passado. A lentidão no trânsito das Marginais também registrou queda: 12%.

Foram 159 mortes em 2014 e 116 neste ano. O número total de acidentes, incluindo aqueles sem vítima, foi de 373 no ano passado contra 317 em 2015. Os dados foram adiantados pelo jornal Folha de S.Paulo.

O prefeito de São Paulo, Fernando Haddad (PT), disse que a expectativa é reduzir ainda mais os números nos próximos meses. Segundo ele, cidades que também reduziram a velocidade das vias, como Londres, Paris e Nova York, tiveram queda no número de acidentes e na lentidão do tráfego.

"A ciência existe justamente para isso: contrariar o senso comum e fazer ver que o mundo é de outro jeito. Se fosse só pelo senso comum, o Sol estaria girando ao redor da Terra até hoje", disse Haddad.

A política adotada pelo prefeito tem gerado polêmica entre os motoristas. Para evitar que motociclistas desrespeitem as novas regras nas Marginais, Haddad anunciou que a CET vai adotar nas próximas duas semanas os radares pistola. Agentes da Guarda Civil Metropolitana vão ajudar a CET na fiscalização e a Prefeitura vai utilizar dez radares para flagrar irregularidades das motocicletas.