O universo mágico dos colibris ao alcance dos cachoeirenses

Geral

O universo mágico dos colibris ao alcance dos cachoeirenses

A exposição está marcada para acontecer a partir do dia 9 de outubro na sala Levino Fanzeres, no palácio Bernardino Monteiro, no centro de Cachoeiro

A exposição apresenta momentos raros do pássaro, que é ícone do Estado do Espírito Santo. Foto: José Carlos de Oliveira.

Cachoeiro de Itapemirim se prepara para receber a exposição “Acrobáticos – os movimentos mágicos dos colibris”, assinada pelo renomado fotógrafo alegrense José Carlos de Oliveira.

A exposição está marcada para acontecer a partir do dia 9 de outubro na sala Levino Fanzeres, no palácio Bernardino Monteiro, no centro de Cachoeiro.
Instalado na cidade desde 1997, esta não é a primeira vez que o fotógrafo prestigia Cachoeiro com sua arte. Em 2010, lançou o livro Cotidiano Ilustrado, que traz uma coletânea de fotos reunidas ao longo dos anos de trabalho no município. Fotos que foram produzidas, em sua grande maioria, em intervalos de trabalhos profissionais ou em deslocamentos em serviço e viagens dentro do município.

Desta vez, José Carlos de Oliveira apresenta o universo mágico dos colibris através de 23 fotografias selecionadas entre mais de três mil coletadas nas últimas décadas em cidades do Sul do Estado.

Momentos raros do pássaro, que representa um ícone do Estado do Espírito Santo, como o acasalamento, poderão ser conferidos nesta exposição.
O popular ‘Besourinho’, o beija-flor Tesoura (Eupetomena macroura), espécie comum em Cachoeiro de  Itapemirim, é o personagem protagonista das peças publicitárias de divulgação da mostra.

O Raio - fotografia que recebeu premiação internacional no Japão. Foto: José Carlos de Oliveira.

O fotógrafo

José Carlos de Oliveira é natural de Alegre, e começou no mercado da fotografia em 1982 prestando serviço para várias cidades do Estado e foi a partir de 1997 que se estabeleceu efetivamente no mercado de Cachoeiro de Itapemirim.

É formado pelo Curso de fotografia da Lawrence School, Springfield, IL, nos Estados Unidos, mas pratica a arte de fotografar desde a adolescência, quando ganhou uma máquina fotográfica do seu pai, aos 14 anos.

Uma foto que reproduziu uma tempestade de raios sobre a cidade de Alegre, na década de 90, rendeu ao fotógrafo uma premiação internacional no Japão.

Atualmente, José Carlos é um dos fotógrafos mais conhecidos e conceituados no mercado do Sul do Estado. Com um trabalho voltado para a fotografia social, fotografia industrial (setor de rochas ornamentais) e ainda a publicidade, ele possui estilo próprio, usando suas lentes para registrar as imagens de maneira única e pessoal.