Primeiro-ministro do Egito renuncia em meio a investigação de corrupção

Geral

Primeiro-ministro do Egito renuncia em meio a investigação de corrupção

Redação Folha Vitória

Cairo - O primeiro-ministro do Egito, Ibrahim Mehleb, e seu gabinete renunciaram após fortes críticas por conta de uma série de declarações polêmicas e uma investigação de corrupção que levou à prisão do ministro da agricultura na semana passada.

O escritório do presidente Abdel-Fattah el-Sissi disse no sábado que ele tinha aceitado a renúncia, mas que os ministros devem continuar a servir até que um novo corpo seja nomeado.

O ministro da agricultura, Salah el-Din Helal, foi detido na segunda-feira após sua renúncia, em meio a uma investigação sobre alegações de que ele e outros receberam mais de US$ 1 milhão em subornos.

O governo egípcio tem sido marcado por acusações de corrupção. El-Sissi rotineiramente enfatiza que ele está lutando contra a corrupção. Mehleb abandonou uma entrevista coletiva na Tunísia no início desta semana após ser questionado sobre as alegações de corrupção. Fonte: Associated Press.