‘Setembro Verde’ conscientiza para doação e transplante de órgãos em Cachoeiro

Geral

‘Setembro Verde’ conscientiza para doação e transplante de órgãos em Cachoeiro

A campanha, realizada pela Santa Casa, tem como púbico alvo profissionais e estudantes da área de saúde. O hospital é um dos que mais contribui para a diminuição da fila de espera no Estado

A campanha ‘Setembro Verde’ da Santa Casa teve início com uma palestra para jovens no CIEE, em Cachoeiro Foto: ​Divulgação

Nesta semana a Comissão Intra-hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (CIHDOTT), da Santa Casa de Cachoeiro, deu início à campanha ‘Setembro Verde’, que tem como objetivo a conscientização para doação de órgãos. O público ao são profissionais e estudantes da área da saúde.

A ação tem como objetivo apresentar atualizações técnicas e científicas, na busca de intensificar e aperfeiçoar os processos necessários, para que a doação e o transplante aconteçam com sucesso. Além disso, a campanha busca reforçar para a população a importância de manifestar em vida o desejo de ser um doador de órgãos.

“Para se tornar um doador de órgãos, não existe qualquer processo burocrático, basta manifestar em vida aos familiares o desejo de ser um doador, já que a decisão final é deles. Os órgãos captados são distribuídos por meio de uma fila de espera única, que é gerenciada pelo Governo do Estado e pelo Ministério da saúde”, explica a enfermeira da Comissão, Cristiane Bitencourt.

Além de ações internas, como: distribuição de informativos e educação continuada para área médica, o ponto alto do mês será o seminário ‘Setembro Verde’, que será realizado entre os dias 19 a 22 de setembro, e reunirá os melhores especialistas do Espírito Santo no assunto. Os temas abordarão médicos, enfermeiros, psicólogos, fisioterapeutas e assistentes sociais. 

Nos últimos anos, a Santa Casa Cachoeiro vem realizando um importante papel para conscientização quanto à doação de órgãos. A relevante atuação, fez com que a instituição conquistasse, em 2010, o título de destaque estadual em captação de órgãos, sendo o hospital que mais contribui para a diminuição da fila de espera no Espírito Santo.