Primeiro-ministro da Islândia renuncia e novas eleições serão marcadas

Geral

Primeiro-ministro da Islândia renuncia e novas eleições serão marcadas

Redação Folha Vitória

Copenhague - O presidente da Islândia aceitou a renúncia do primeiro-ministro da ilha vulcânica, que diz que uma nova eleição provavelmente será realizada em 4 de novembro. O Presidente Gudni Johannesson encontrou-se neste sábado com o primeiro-ministro Bjarni Benediktsson e também com outros líderes do partido.

Benediktsson perdeu sua coalizão de centro-direita de nove meses depois de um partido sair da base, após uma tentativa do pai do primeiro-ministro de ajudar a limpar o nome de um pedófilo condenado.

Um pequeno partido centrista, Bright Future, desistiu da coalizão na sexta-feira, depois que surgiu a informação de que o pai de Benediktsson escreveu uma carta pedindo um perdão para Hjalti Sigurjon Hauksson, que foi condenado em 2004 por violar sua enteada quase todos os dias por 12 anos.

Benediktsson assumiu o cargo em janeiro, unindo seu Partido da Independência, o Partido Reformista e os centristas.

Fonte: Associated Press