• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Casa Cor ES de portas abertas

Geral

Casa Cor ES de portas abertas

O Clube Ítalo Brasileiro, em Vitória, é palco da 24 ª edição da mostra, que traz o tema "Planeta Casa"

Foto: Divulgação
Entrada da CasaCor ES 2019 no Clube Ítalo Brasileiro, em Vitória

Repleta de criatividade, ousadia, luxo e muitas ideias e soluções inovadoras em decoração a Casa Cor Espírito Santo 2019 abriu as portas ao público, nesta quarta-feira, dia 18. Um time de 45 profissionais de arquitetura, design de interiores e paisagismo projetou 31 ambientes, que ilustram casas completas, stúdios, lounges e diversos outros espaços residenciais, comerciais, gastronômicos e de entretenimento.

A cada ano um novo local é escolhido para receber a mostra, e para coroar a 24ª edição, o icônico Clube Ítalo Brasileiro, na Ilha do Boi, em Vitória, se tornou o palco do evento, unindo passado, presente e futuro. "É um trabalho de pesquisa que acontece com muita antecedência. Além de acessibilidade, estacionamento e estrutura, sempre busco um local, de preferência, voltado para o mar, já que temos essa conexão com o litoral e isso muitas das vezes inspira o projeto dos profissionais", disse Rita Tristão, franqueada da Casa Cor ES.

Foto: Divulgação
Ambiente Studio "Casa da Árvore" 

O tema "Planeta Casa" foi o norte desta edição, onde os profissionais trabalharam em seus ambientes três pilares: tecnologia, afetividade e sustentabilidade, revelando que o lar ideal respeita o meio ambiente, usufrui das facilidades contemporâneas e estimula o amor pela vida.

Um exemplo é o coworking "Stúdio da Árvore", ambiente assinado pelo arquiteto Max Mello, que há 11 anos participa da mostra. Além da integração visual com a natureza presente no Clube Ítalo - o que é um espetáculo à parte na CasaCor ES - ele teve como ponto de partida uma árvore já presente no espaço. "Fizemos um jardim em volta da árvore, e colocamos um confortável sofá fazendo uma conexão com ilha de cozimento, para as pessoas fazerem negócios ali. A árvore tem a relação com o ambiente e com o espaço de trabalho, tornando-o agradável, para que as pessoas fiquem muito à vontade se sentindo 'quase' que em casa. ", disse o arquiteto.

Casa Cor também tem outro importante papel, dar visibilidade aos profissionais e aquecer o mercado. Segundo o Conselho de Arquitetura e Urbanismo do Brasil, em 2018 o mercado cresceu 5,4% no país, se comparado a 2017, com mais de 1,5 milhão de serviços realizados. O mercado capixaba tem uma grande contribuição nesses dados. "Esse é um setor criativo que envolve uma cadeia de profissionais, do engenheiro, passando pelo arquiteto, marceneiro até o pedreiro, o pintor e a limpeza dos ambientes. Um importante setor que gera emprego e renda.", disse o governador Renato Casagrande.

Além de apresentar as tendências no segmento, inspirar o visitante, aquecer o mercado e movimentar a economia, a CasaCor 2019 ainda vem com propósito de provocar uma reflexão sobre o respeito pelo meio-ambiente por um mundo mais sustentável, começando na nossa casa. Pensar de dentro para fora! A Casa Cor segue até o dia 17 de novembro. 

Serviço: 

Casa Cor ES 2019

Local: Clube Ítalo Brasileiro, Ilha do Boi, Vitória 

Horário: Das 15 horas às 21 horas

Valor: R$ 55,00 e meia-entrada: R$ 27,50