Complexo Penitenciário de Xuri também ganha uma sala de apoio a advogados e advogadas

OAB em pauta

Geral

Complexo Penitenciário de Xuri também ganha uma sala de apoio a advogados e advogadas

Os advogados que atuam na área criminal contam, a partir de agora, com um suporte a mais para a realização do seu trabalho.

Foto: Reprodução / OAB-ES

Os advogados que atuam na área criminal contam, a partir de agora, com um suporte a mais para a realização do seu trabalho. A Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Espírito Santo (OAB-ES) inaugurou a sala de apoio no Complexo Penitenciário de Xuri, na tarde de terça-feira (14/09).

A estrutura da sala de apoio ao advogado oferece estação de trabalho com computador, impressora, sofá, mesa para reunião, ar-condicionado, dispensers para álcool em gel, banheiro, água e café.

A sala é um direito previsto em Lei Federal no art. 7º, § 4º, da Lei 8.906/94 e conta com o apoio da Direção da Unidade e da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus).

Na inauguração estiveram presentes o Secretário de Estado da Justiça, Marcello Paiva de Mello; o presidente da OAB-ES, José Carlos Rizk Filho; o presidente da Comissão Estadual de Advocacia Criminal e Políticas Penitenciárias, Anderson Burke, além de membros da Comissão.

O presidente da OAB-ES, José Carlos Rizk Filho, comentou a respeito da iniciativa. “Esse espaço é de acolhimento, é o que a advocacia merece. Olhar para o lado do advogado é importante. Agradeço, também, a todos os colaboradores da OAB. É uma semente, daqui a alguns anos floresce e outras salas virão e a advocacia e os cidadãos agradecem”, disse.

“Agradeço ao Secretário de Justiça, Marcello Paiva de Mello, e ao presidente da OAB, José Carlos Rizk Filho. Certamente, o dia de hoje é um marco para a advocacia criminal. Uma sala tão sonhada por tantos anos. Parece simples, mas não é. É uma questão de dignidade, de respeito, para que a gente possa exercer com plenitude as nossas prerrogativas profissionais”, finalizou o presidente da Comissão Estadual de Advocacia Criminal e Políticas Penitenciárias, Anderson Burke.