Procura por viagens aumenta em agências do Espírito Santo

Geral

Procura por viagens aumenta em agências do Espírito Santo

A abertura de países estrangeiros para os turistas brasileiros vem trazendo números positivos para quem trabalha com turismo no Espírito Santo

Redação Folha Vitória

Redação Folha Vitória
Foto: Alexandre de Souza/Folha Vitória

Vacina no braço e passaporte na mão. A pandemia do novo coronavírus fez com que os capixabas sentissem saudades de diversas coisas, e uma delas é poder viajar. Seja de carro, avião ou ônibus, a espera por esse momento pode estar perto do fim.

A abertura de países estrangeiros para os turistas brasileiros, como Portugal, que é preciso apenas apresentar o exame RT-PCR ou antígeno antes do embarque, vem trazendo números positivos para quem trabalha com turismo no Espírito Santo.

O empresário João Victor de Paula tem uma agência de viagens e já percebe grandes resultados na procura por viagens internacionais.

"Já tivemos um grande aumento de vendas só com essa abertura para Portugal. Agora em setembro, a gente espera ter um aumento de vendas de 200% a 250%".

Para um setor que vem sofrendo com os efeitos da pandemia há quase 2 anos, esse movimento do retorno de viagens para o setor é imprescindível.

"Para quem pretende viajar a vacina é muito importante, mesmo a gente falando de Portugal, que não está exigindo as duas doses da vacina. Uma vez que você ingressa em um país para você ter acesso a um restaurantes e lugares públicos eles estão exigindo o comprovante" disse a empresária Ivana Ruy.

Para entrar em alguns países da Europa como a França, é necessário ter a imunização completa contra a covid-19. 

Até o fim deste mês,  Vanilda Fernanda de Souza Gomes estará com a vacinação completa para poder ir a Paris visitar o Pai.

"Tem 1 ano que estou esperando por essa viagem. Estou indo para poder visitar o meu pai que mora lá por muitos anos, mas acabou que deu errado. Mas agora está tudo voltando ao normal. Minhas malas já estão prontas para a viagem", contou.

Viajar é a maior saudade dos capixabas 

Foto: JESHOOTS-com/Pixabay

Ver novas paisagens, ter novas experiências e poder ir além dos limites da própria cidade onde vive é o que deseja a maioria dos entrevistados da pesquisa Rede Vitória/Futura Inteligência sobre o que querem os capixabas com o fim da pandemia.

A conclusão é que 22,4% deles farão as malas assim que for decretado, enfim, que o mundo está "livre" do coronavírus. É como se 20 em cada 100 capixabas estivessem ansiosos para por os pés na estrada ou procurar logo um aeroporto ou rodoviária.

A pergunta aceitava apenas uma opção de resposta e ela foi espontânea. Mais uma prova de que respirar novos ares é o grande anseio da população, que já demonstra cansaço após um ano de isolamento social e distanciamento.

Viajar fica à frente de "voltar a ter uma vida normal", que está com 12,1%.

Outros desejos espontâneos são: o "poder abraçar meus amigos" (7,4%) e deixar de usar máscaras (7%). 

Saiba mais: Pesquisa aponta o que o capixaba mais quer no pós-pandemia