Protesto de caminhoneiros perde força e manifestantes começam a deixar locais de concentração

Geral

Protesto de caminhoneiros perde força e manifestantes começam a deixar locais de concentração

Na noite desta quarta-feira (08), a Polícia Rodoviária Federal informou que havia 15 pontos de manifestação

As manifestações realizadas por caminhoneiros entram no terceiro dia nesta quinta-feira (09). No Espírito Santo, de acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), na noite desta quarta (08) havia protestos em 15 pontos de rodovias federais que cortam o estado.

Na manhã desta quinta, em um dos pontos de concentração em Viana, o movimento era bem menor do que o registrado no dia anterior. Durante a madrugada, alguns caminhoneiros que aderiram ao protesto resolveram seguir viagem.

Segundo organizadores da manifestação, o grupo mantém o local de concentração, mas os caminhoneiros estão liberados para seguirem viagem, se assim desejarem.

Leia também: Ceasa registra queda de 80% no movimento durante manifestação de caminhoneiros

Por meio das redes sociais, a PRF informou que não havia pontos de interdição no Espírito Santo.

Por volta das 9h40 desta quinta, a Eco 101, empresa que administra a BR-101 no Espírito Santo, informou o encerramento de manifestações em alguns pontos da via.

O movimento começou na última terça-feira (07), quando houve manifestações a favor do presidente Jair Bolsonaro movidas por pautas antidemocráticas, como o fechamento do Congresso Nacional e destituição de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF).

Agentes da PRF, que estiveram em um dos pontos de manifestação, informaram que o movimento nas rodovias federais do Espírito Santo era tranquilo e que seguiam acompanhando as manifestações para garantir a segurança.

Leia também: Protesto de caminhoneiros já deixa postos sem combustíveis em cidades do ES

A concentração dos manifestantes ocorreu em trechos das BRs 101, 259, 262, 482 e 447.

Em Viana, são dois locais de concentração. Na BR 262, os veículos estão parados em um terreno baldio. Já na BR 101, eles ocupam as pistas laterais da rodovia.