Atentados suicidas matam 33 pessoas no Iraque

Geral

Atentados suicidas matam 33 pessoas no Iraque

Redação Folha Vitória

Bagdá - Ao menos 33 pessoas morreram em explosões de carros-bomba no Iraque nesta segunda-feira. Os atentados foram realizados em uma mesquita xiita em Bagdá e na cidade sagrada de Karbala, a 90 quilômetros da capital.

No primeiro ataque, um veículo com explosivos foi detonado em meio a xiitas que deixavam uma mesquita numa área comercial do centro de Bagdá, logo após as orações do meio-dia. Com a explosão, 17 pessoas morreram e outras 28 ficaram feridas, segundo um policial.

No atentado de Karbala, três carros-bomba dispararam simultaneamente e mataram 16 pessoas, com 41 feridos. A cidade é lar das tumbas de dois dos imãs xiitas mais reverenciados e local de peregrinação durante todo o ano. Os veículos estavam estacionados em áreas comerciais próximas a prédios do governo, informam autoridades.

Nenhuma entidade reivindicou responsabilidade sobre os últimos atentados, mas eles têm as características de ataques do grupo Estado Islâmico, que recentemente assumiu a autoria de diversos outros grandes explosões em Bagdá e outras cidades, principalmente em áreas xiitas. O objetivo do grupo, composto por sunitas, é criar um Estado próprio, desafiando o governo do país, liderado pelos membros da outra etnia.

Os extremistas capturaram uma grande porção do território no norte e no oeste do Iraque, impondo um governo próprio e sua própria interpretação da lei islâmica. Para combatê-los, uma coalizão liderada pelos Estados Unidos tem realizado bombardeios no país e na Síria desde agosto. Fonte: Associated Press.