• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Chuva causa vários pontos de alagamento na Grande Vitória

Geral

Chuva causa vários pontos de alagamento na Grande Vitória

Fortes chuvas alagam várias ruas e avenidas da Grande Vitória e provocam grandes congestionamentos no final do expediente dos capixabas

A chuva forte deixou ruas completamente alagadas na Grande Vitória Foto: Divulgação/Leitor

A chuva que teve início na tarde desta quinta-feira (30) na Grande Vitória deixou várias ruas alagadas e as principais vias congestionadas. Nos acessos à Terceira Ponte, no sentido Vila Velha, o trânsito ficou lento.

A avenida Cesar Hilal, em Vitória, também há alagamentos e por este motivo o trânsito na região também registrou lentidão. Outro ponto alagamento na Capital capixaba é a avenida Leitão da Silva.

O temporal também atingiu o aeroporto de Vitória. A água invadiu a pista e o terminal precisou ser fechado para pouso e decolagem desde às 16h59. Seis voos foram cancelados, sendo dois do Rio de Janeiro, dois de São Paulo e um de Belo Horizonte e outro de Campinas. Outros dez sofreram atrasos. E seis voos com origem em Vitória também foram cancelados.

Clique e veja a galeria de fotos dos alagamentos 

Com a chuva, o trânsito ficou um caos na Reta do Aeroporto, Fernando Ferrari e Reta da Penha. O fluxo também foi intenso nas avenidas Dante Michelini e Américo Buaiz. 

Ainda de acordo com a Guarda, no Centro de Vitória, as retenções são na avenida Jerônimo Monteiro, e próximo à Rodoviária, local que também apresenta pontos de alagamento.

O coronel Carlos D'isep, da Defesa Civil, informou que o município da Serra é o mais afetado pelas chuvas da Grande Vitória. "A demanda de chamadas da Serra para o Ciodes é a de maior quantidade". No interior do Estado, de quarta (29) para quinta-feira (30) foram atingidos, São Mateus, Vila Valério e Linhares, mas em nenhum desses municípios a situação é tão crítica quanto na Grande Vitória.

Na Serra, os pontos mais críticos são na Avenida Civit, onde os alagamentos provocam grandes engarrafamentos na Avenida Norte Sul e próximo ao Terminal de Carapina.

Previsão para sexta-feira (31)

De acordo com o Instituto Capixaba de Pesquisa e Extensão Rural (Incaper), as áreas de instabilidade começam a perder força. A região Sul e o sul serrano têm sol pela manhã e pancadas de chuva entre a tarde e a noite.

Nas áreas da região Serrana à Grande Vitória, existe uma previsão de aumento de nuvens ao longo do dia e pancadas de chuva a partir do fim da manhã. As demais áreas do estado podem ter chuva passageira pela manhã, mas ocorrem pancadas de chuva entre a tarde a noite, sendo que o sol aparece em alguns momentos.

As temperaturas variam entre 15 °C e 27 °C na região Serrana e vão de 17°C a 34°C nas demais regiões.

No último domingo (26), enquanto muitos capixabas iam às urnas registrar seus votos no segundo turno da eleição presidencial, uma tempestade anunciada deixou vários bairros e avenidas da Grande Vitória alagadas. Além de chuva, rajadas de vento e fortes descargas elétricas também foram registradas.