Número de acidentes cresce, mas consumo de álcool ao volante diminui no Estado

Geral

Número de acidentes cresce, mas consumo de álcool ao volante diminui no Estado

O caso mais recente de acidente envolvendo motorista embriagado aconteceu em Linhares. Uma grávida de 24 anos foi atropelada e o bebê nasceu prematuro

Número de acidentes aumentou mais de 7% no Estado Foto: TV Vitória

Mesmo com os Brasileiros mais conscientes, o número de acidentes no Espírito Santo cresceu. Só neste ano, 12.052 acidentes foram registrados. Já no ano passado, no mesmo período, o número de casos foi de 11.220. No país, 44 mil pessoas morreram no ano passado por conta de acidentes, sendo 169 mil internações em todo o Brasil

A quantidade de acidentes subiu, mas de acordo com um estudo divulgado pelo Ministério da Saúde, o consumo de álcool associado à direção reduziu em 45% em todo o país. Essa queda, segundo o estudo, esta associada à aprovação da Lei Seca. Já são sete anos que ela está em vigor, e essa redução mostra que houve uma mudança nos hábitos dos brasileiros. 

A pesquisa ouviu 18 mil pessoas no Brasil no ano passado. A região Norte foi a que mais reduziu o número de acidentes relacionado a bebidas alcoólicas, diminuindo 54%. Já na região Sudeste a redução foi de 40%. 

A multa para quem dirige após ingerir bebida alcoólica é de R$ 1915, mas para quem é novamente abordado o valor da multa dobra e a carteira de habilitação pode ser suspensa por um ano.

Grávida foi submetida a cesariana e o bebê nasceu prematuro Foto: Reprodução

Grávida atropelada

Um dos casos mais recentes envolvendo motorista embriagado aconteceu no dia 20 de setembro deste ano, em Linhares. Antônia Brena Ribeiro da Silva, de 24 anos, grávida de oito meses, foi atropelada. Ela foi submetida a uma cesariana e o bebê nasceu prematuro. O motorista Luis Carvalho Oliveira, de 37 anos, que é de Pedro Canário, teria avançado o sinal e foi parar na calçada.