Obras do Contorno do Mestre Álvaro serão finalizadas em 2017, diz secretário de Transporte

Geral

Obras do Contorno do Mestre Álvaro serão finalizadas em 2017, diz secretário de Transporte

Com sete viadutos e trevos, a nova rodovia terá aproximadamente 18 km, e vai se ligar ao Contorno de Vitória, próximo ao condomínio Alphaville

A obra faz parte do Programa de Mobilidade Metropolitana Foto: Divulgação

Até 2017 o intenso trânsito que congestiona o trecho urbano da BR 101, na Serra, deve ser desafogado. Este é o prazo para a conclusão das obras do Contorno do Mestre Álvaro, projeto incluído no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), do governo federal.

Depois de passar por uma auditoria do Tribunal de Contas da União (TCU), a licitação de construção foi aprovada, e de acordo com o secretário estadual de Transporte, Fábio Damasceno, a ordem de serviço com a empresa vencedora deve ser assinada ainda este ano.

Segundo Damasceno, o recurso para a realização da obra- R$ 290 milhões, já está disponível. “A verba foi captada pelo PAC e está liberada para o nosso governo. Mais de R$ 300 milhões foram liberados. Mas não são apenas as obras. Temos processos de gerenciamento, de desapropriação, entre outros. É importante ressaltar que essa verba não é um financiamento. É dinheiro do orçamento Geral da União, que viu o projeto mostrado pelo governo do estado e compreendeu a necessidade das obras e liberou a verba”, explicou.

Com sete viadutos e trevos, a nova rodovia terá aproximadamente 18 km, e vai se ligar ao Contorno de Vitória, próximo ao condomínio Alphaville, se estendendo até as proximidades de Serra Sede, após o posto da Polícia Rodoviária Federal. Damasceno acredita que a obra trará mais segurança à população.

“ Essa nova estrada terá pista dupla, canteiro central, acostamento, ciclovia e calçada. Todo tráfego de caminhões que passam nesse trecho, geralmente não tem finalidade de descarregar na Grande Vitória. Esses caminhões seguem do Norte do Estado em direção do Sul do País. Então vamos levar esse tráfego intenso e perigoso para a nova rodovia. Isso dará mais segurança. Além disso, existe a possibilidade de municipalizarmos o trecho, o que o tornaria muito mais humano e acessível”, declarou.

Aquaviário
Na última quinta-feira (23), o Ministério Público de Contas (MPC-ES) pediu a suspensão imediata da licitação do Sistema Aquaviário da Grande Vitória. Segundo Damasceno, o MPC não suspendeu o processo, mas pediu esclarecimentos sobre dúvidas.

“ Nós fizemos um estudo, audiências públicas, mostramos ao público o formato do aquaviário. Qualquer sistema ativo é passivo de dúvidas. O MPC encontrou algumas e nos pediu esclarecimentos. Já recebemos o ofício do presidente do Tribunal de Contas e vamos responder. Acredito que no próximo mês encaminharemos as respostas e devemos terminar o processo licitatório ainda este ano”, afirmou.

Projeto do Contorno do Mestre Álvaro na Serra
A Obra  faz parte do Programa de Mobilidade Metropolitana (PMM). A intervenção será uma nova alternativa de ligação entre as regiões Norte e Sul do Estado, reduzindo também a distância entre os municípios de Serra e Cariacica. O Contorno do Mestre Álvaro, conhecido como Rodovia ES-120, representa um investimento de aproximadamente R$ 300 milhões do Governo do Estado por meio da Secretaria de Estado dos Transportes e Obras Públicas (Setop) e a estimativa é que seja concluída em 2017.