• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

China alerta navio dos EUA que navegou perto de ilhas reivindicadas por Pequim

Geral

China alerta navio dos EUA que navegou perto de ilhas reivindicadas por Pequim

Pequim - Autoridades chinesas informaram hoje que monitoraram, seguiram e lançaram alertas para um navio de guerra dos EUA que navegou nas proximidades de ilhas artificiais reivindicadas por Pequim no Mar do Sul da China.

"O navio de guerra, o USS Lassen, entrou ilegalmente em águas próximas de ilhas e recifes relevantes na área das ilhas chinesas de Nansha, sem permissão do governo chinês", afirmou Lu Kang, porta-voz do Ministério de Relações Exteriores da China, em comunicado publicado no site do ministério. "Em reação a isso, o lado chinês expressa seus forte descontentamento e oposição resoluta."

Os comentários foram a primeira confirmação de Pequim de que um navio da Marinha dos EUA navegou perto de ilhas e recifes controlados pela China numa área das ilhas Spratly, conhecidas pelos chineses como Nansha e que se tornaram palco de tensões marítimas e conflitos territoriais entre Pequim e várias nações do sudeste da Ásia.

Oficiais de defesa dos EUA já haviam declarado que o USS Lassen navegou a 12 milhas náuticas das ilhas artificiais reivindicadas pela China para afirmar a "liberdade de navegação" no que os EUA consideram ser águas internacionais.

Segundo o porta-voz chinês, a operação dos EUA "ameaçou a soberania e interesses de segurança da China" e "causou prejuízo ao espaço regional e à estabilidade".

As convenções internacionais permitem aos países reivindicar águas territoriais até 12 milhas náuticas de suas regiões costeiras, mas os EUA e muitos outros países não reconhecem a reivindicação de Pequim em relação a quase todo o Mar do Sul da China. Fonte: Dow Jones Newswires.