Forças do Iraque retomam cidade que abriga refinaria

Geral

Forças do Iraque retomam cidade que abriga refinaria

Redação Folha Vitória

Bagdá - Apoiadas por forças paramilitares, as tropas do governo iraquiano expulsaram nesta terça-feira militantes do Estado Islâmico de uma importante cidade, Beiji, que abriga uma refinaria ao norte de Bagdá, disse um porta-voz do governo, o general Yahya Rasool. Segundo ele, os soldados estão no "total controle" da cidade, localizada 250 quilômetros ao norte da capital.

Não foram divulgados mais detalhes sobre os confrontos nem sobre mortes. A TV estatal divulgou imagens que seriam da área residencial de Beiji. Soldados eram vistos com bandeiras iraquianas, em meio a colunas de fumaça escura. O Estado Islâmico havia capturado Beiji e em seguida partes de uma refinaria de petróleo próxima - a maior do Iraque - durante seu avanço pelo norte do país em junho de 2014. Desde então, tem havido dura disputa pela área. Na semana passada, o Iraque anunciou que as tropas passaram a controlar a refinaria.

O Iraque lançou na semana passada a segunda fase de uma operação para expulsar os militantes do Estado Islâmico da província de Salahuddin, no centro iraquiano. As tropas do governo eram apoiadas pelas forças paramilitares, formadas principalmente por milicianos xiitas.

Segundo o coronel norte-americano, Mike Filanowski, um agente de inteligência ligado à força conjunta em Bagdá, mais de dez iraquianos morreram e 30 se feriram em confrontos nas últimas 72 horas. Segundo Filanowski e outras autoridades norte-americanas nos EUA, há cerca de 15 mil agentes iraquianos em Beiji, incluindo 5 mil soldados do governo e 10 mil membros das milícias chamadas de forças de mobilização popular.

Filanowski acrescentou que as forças iraquianas garantiram a segurança do perímetro em que fica a refinaria e avançam para o centro da refinaria, a fim de retirar os inimigos restantes e combater armadilhas e eventuais ataques inimigos. Em abril, as tropas do Iraque recapturaram a capital provincial de Salahuddin, Tikrit, mas esse esforço desde então está estagnado. Agentes do Iraque e dos EUA afirmaram que o calor extremo atrasa esse progresso. Fonte: Associated Press.