Presidente de Guiné vence reeleição e oposição promete protesto

Geral

Presidente de Guiné vence reeleição e oposição promete protesto

Redação Folha Vitória

Conacri - O presidente de Guiné, Alpha Conde, foi reeleito para um segundo mandato, de acordo com a comissão eleitoral do país. "Eu proclamo que Alpha Conde foi eleito presidente da República no primeiro turno", afirmou o chefe da comissão eleitoral, Bakary Fofana, no sábado à noite.

Alpha Conde evita um segundo turno com o seu rival mais próximo, que prometeu protestar contra os resultados. Conde recebeu quase 58% dos votos, enquanto seu principal adversário, Cellou Dalein Diallo, teve 31%, disse Fofana. Cerca de 68% dos cerca de 6 milhões de eleitores registrados participaram na eleição de 11 de outubro, acrescentou Fofana.

Esta foi apenas a segunda disputa presidencial democrática desde que Guiné obteve a independência da França em 1958. A violência marcou o período de preparação para a votação e, pelo menos, três pessoas foram mortas. Muitos temem que os protestos nos próximos dias possam levar a confrontos mortais com forças de segurança.

Em 2010, pelo menos sete pessoas foram mortas na onda de violência relacionada com as eleições, quando Conde derrotou Diallo no segundo turno. E cerca de 50 pessoas morreram no período de preparação para as eleições legislativas de 2013, de acordo com a Human Rights Watch.

No início desta semana, Diallo e outro candidato da oposição Sidya Toure, que ficou em terceiro em 2010, alegaram fraude e disseram que não devem reconhecer os resultados.

No sábado, frente aos resultados preliminares, que já mostravam Conde na liderança, Diallo disse a repórteres que deve organizar manifestações. O politicou alegou que ele não confia nos tribunais para resolver suas preocupações. Fonte: Associated Press.