Procurador da República apresenta campanha contra a corrupção em Marataízes

Geral

Procurador da República apresenta campanha contra a corrupção em Marataízes

A campanha “10 Medidas Contra a Corrupção” é um movimento que objetiva coletar 1,5 milhão de assinaturas para apoiar projetos de lei no Congresso Nacional, a exemplo da Lei da Ficha Limpa

O procurador destaca as responsabilidades de transparência como prevenção das ações corruptas. Foto: Divulgação/Prefeitura

A cidade de Marataízes recebeu nesta segunda-feira (26) o Procurador da República Ercias Rodrigues de Souza, que apresentou a campanha “10 Medidas Contra a Corrupção”. Foram realizadas 3 audiências com diferentes públicos, onde o procurador, apresentou dados alarmantes de corrupção no País, bem como os prejuízos disso para o Brasil e, ainda, medidas que devem ser tomadas.

Os eventos foram promovidos pelo Ministério Público e o Poder Judiciário. Além do Procurador da República e sua equipe, as audiências contaram com a presença da promotora Cristiane Esteves e o juiz de Direito, Diretor do Fórum de Marataízes, Evandro Alberto da Cunha.

A primeira audiência aconteceu às 10 horas da manhã, no auditório do Centro de Referência em Assistência Social (Cras), e teve como público convidado funcionários da Secretaria de Saúde, Secretaria de Assistência Social, Habitação e Trabalho, e Secretaria de Defesa Social.  Às 16 horas o procurador se reuniu no fórum “Juiz José Pinheiro Monteiro” com secretários municipais, procuradores municipais, vereadores, juízes de Direito, Defensoria Pública, Polícia Civil, Polícia Militar, representantes da OAB, conselheiros municipais dos Direitos da Criança e Adolescente, conselheiros tutelares, membros de instituições como Rotary, CDL, Maçonaria, e entidades religiosas. Finalizando as audiências, às 19 horas, a campanha foi apresentada para funcionários da Secretaria de Educação, professores, alunos e pais.

O público presente assinou a lista em apoio à campanha. Foto: Divulgação/Prefeitura

“A corrupção mata! Tem gente morrendo em filas de hospitais enquanto um estudo da Organização das Nações Unidas (ONU) mostra que por ano o Brasil perde cerca de duzentos bilhões de reais para a corrupção. Daria para solucionar os problemas da saúde, valorizar a educação, gerar empregos,” enfatizou Ercias Rodrigues de Souza, Procurador da República, que destacou, ainda, as responsabilidades de transparência como prevenção das ações corruptas, e mencionou como fracas as penalidades aplicadas para os corruptos. “Hoje a pena é a mesma para desvios pequenos e milionários. Isso precisa mudar,” afirmou o procurador que explicou o intuito da campanha.

A campanha “10 Medidas Contra a Corrupção” é um movimento que tem como objetivo coletar 1,5 milhão de assinaturas para apoiar projetos de lei no Congresso Nacional, a exemplo do que ocorreu com a Lei da Ficha Limpa. As propostas de alterações legislativas visam evitar o desvio de recursos públicos e garantir mais transparência, celeridade e eficiência ao trabalho do Ministério Público brasileiro com reflexo no Poder Judiciário. A íntegra das medidas, cartas de apoio, informações e a ficha de assinatura estão disponíveis no site http://www.dezmedidas.mpf.mp.br/ .

No fim de cada audiência os presentes assinaram a lista em apoio à campanha.