• Velocidade do vento

  • Previsão de chuva

  • Nascer do sol

  • Por do sol

Umidade relativa do ar: Índice de raios UV:

Seca no Espírito Santo altera curso do Rio Jucu em Vila Velha

Geral

Seca no Espírito Santo altera curso do Rio Jucu em Vila Velha

A seca e a estiagem já castigou quatro municípios que decretaram estado de emergência. Algumas cidades estão sofrendo racionamento de água para conter o problema

Foto: TV Vitória

O rio Jucu está enfrentando problemas com a crise hídrica que atinge o Estado. Uma faixa de areia de pelo menos 25 metros, que não existia, impede o rio de chegar ao mar. Os moradores da região, na Barra do Jucu em Vila Velha, afirmam que há alguns dias a água do rio em determinado ponto chegava até a altura da canela e agora está seco.

Com o problema da baixa do rio Jucu, os pescadores sofrem junto. Os barcos estão ancorados e não conseguem sair para o mar. “Tem cinco dias que a gente não vai para o mar, porque não tem como passar na boca do rio”, afirmou o pescador José Carlos dos Santos.

A vazão do rio Jucu está em 5.500 litros por segundo, perto do limite critico que é de 5.200 litros. Para a Agência Estadual de Recursos Hídricos (AGERH) o fechamento do rio é uma tendência da estiagem.  

“A gente está vivendo uma estiagem extrema. O rio perde força e o mar ganha na queda de braço. Com isso o rio não consegue romper”, explicou Luiz Henrique de Aquino, da AGERH.

Racionamento 

Por conta da falta d'água que tem afetado a população do Espírito Santo nos últimos dias, os setores da indústria e agricultura, principais consumidores desse recurso, terão restrições para usá-lo nos próximos 15 dias. A partir de terça-feira (06), a captação de água dos rios para fins de produção para esses setores está proibida, em todo o Estado, no período entre 5 horas e 18 horas