Autoridades francesas iniciam desmantelamento de campo de imigrantes em Calais

Geral

Autoridades francesas iniciam desmantelamento de campo de imigrantes em Calais

Redação Folha Vitória

Paris - Autoridades francesas começaram o derrubar as seções do campo para refugiados na cidade costeira de Calais, como parte do esforço do país para encerrar uma crise humanitária em seu próprio quintal.

Trabalhadores do governo começaram a desmontar barracas e outras estruturas ao longo do Canal Inglês, ao passo em que centenas de migrantes eram realocados para dezenas de abrigos espalhados pela França, de acordo com autoridades locais.

O campo se tornou símbolo do fracasso europeu em lidar com o fluxo de migrantes que fugiam de conflitos no Oriente Médio e na África. O governo socialista do presidente François Hollande espera pôr um fim nas instalações deterioradas para assegurar votos antes das eleições presidenciais de maio.

Ao longo do último ano, o campo - conhecido como "A Selva" se transformou em uma vasta cidade de barracas com escolas, vendas e locais de adoração, enquanto os migrantes formaram um muro de resistência em Calais. Novas cercas de segurança, financiadas principalmente por autoridades britânicas, e pesada presença policial dificultaram a passagem dos refugiados para o Reino Unido.

Mais de 3,2 mil migrantes deixaram Calais para se mudarem em abrigos em nove regiões diferentes da França desde o início da operação iniciada nesta manhã, segundo autoridades.

Cerca de 770 crianças viajando sozinhas também foram transferidas para abrigos. As crianças que têm família no Reino Unido serão transferidas para a ilha. Fonte: Dow Jones Newswires.