Corpo de criança que morreu em motel na Serra é liberado para ser enterrado na Bahia

Geral

Corpo de criança que morreu em motel na Serra é liberado para ser enterrado na Bahia

Segundo a polícia, a criança acordou no meio da noite, enquanto os pais dormiam, e foi direto para a piscina

O corpo da menina de 1 ano e oito meses, que morreu afogada na piscina de um motel na Serra, foi liberado do Departamento Médico Legal (DML) de Vitória na última terça-feira (17).

A criança foi encontrada sem vida pelos pais depois de passarem a noite no motel para descansar da viagem, já que a família que saiu da Bahia seguia de carro para Viana.

Foi a avó da menina quem liberou o corpo no DML no início da noite. Nenhum familiar quis falar sobre o caso e não passaram informações sobre o enterro que acontecerá na Bahia.

O casal prestou depoimento na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa e segundo o advogado da família, foram autuados por homicídio culposo, quando não há a intenção de matar. “A fiança foi paga, que é um direito constitucional deles. É um crime que os tribunais e o juízes entendem que quando perde o ente querido já está sendo penalizado. Em alguns casos as pessoas não são condenadas”, informou o advogado da família Julio Cesar Randow Santana. 

Entenda o caso

Na manhã da última terça-feira (17) uma criança foi encontrada morta na piscina de um motel, em Jardim Limoeiro, na Serra. Segundo a polícia, a família é da Bahia e resolveu pernoitar no motel para descansar. As primeiras informações são de que a criança acordou no meio da noite e foi direto para a piscina, onde caiu e se afogou.

De acordo com a gerência do motel, o casal chegou ao local na última segunda-feira (16), por volta das 20h30 e nesta manhã acionaram a recepção para informar sobre a morte da criança. O caso foi encaminhado para a Delegacia de Homicídios Contra a Mulher.